Banner Portal
Materno Giribaldi e o Monumento da Família Jafet
PDF

Palavras-chave

Materno Giribaldi
Leonardo Bistolfi
Escultura funerária
Cemitério da Consolação
Simbolismo

Como Citar

CATELLI, Eva Pralon. Materno Giribaldi e o Monumento da Família Jafet. Revista de História da Arte e da Cultura, Campinas, SP, v. 2, n. 1, p. 221–240, 2021. DOI: 10.20396/rhac.v2i1.15083. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/rhac/article/view/15083. Acesso em: 28 maio. 2024.

Resumo

Após a conclusão das obras do monumento funerário ao industrial Nami Jafet (1860-1923), o autor, Materno Giribaldi (1870-1951), publicou um livreto comemorativo – editado pelo artista gráfico Elvino Pocai (1885-1956) – sob o título Simbologia do Monumento da Família Jafet. A publicação expressa a visão do escultor acerca da morte, a qual orientou a criação do mausoléu localizado no Cemitério da Consolação, em São Paulo. Além da transcrição integral do livreto, são apresentados alguns aspectos da trajetória de Giribaldi, a fim de identificar antecedentes das ideias que alicerçam o monumento, assim como aproximações à concepção mortuária de Leonardo Bistolfi (1859-1933).

https://doi.org/10.20396/rhac.v2i1.15083
PDF

Referências

A BÍBLIA Sagrada. Traduzida em português pelo padre João Ferreira d‘Almeida. Edição revista e corrigida. Nova York: American Bible Society, 1904.

ACCADEMIA di Belle Arti di Brera. Registro Generale degli Allievi (1888-1917), p. 233.

ACQUISTEREBBESI. Gazzetta d'Asti, Asti, ano XXVI, n. 35, 30 ago. 1924, p. 3.

ALL’ESPOSIZIONE di belle arti a Venezia e a Milano. Illustrazione Popolare: Giornale per le famiglie, Milão, 1897, v. XXXIV, n. 27, p. 4-6.

ARQUIVO Nacional. BR RJANRIO BS.0.RPV, ENT.17590. Relação de passageiros do vapor Conte Rosso, Santos, 21 abr. 1925.

BISTOLFI, Leonardo. Relazione della Commissione giudicatrice dei bozzetti presentati al concorso per il monumento a Giuseppe Verdi. In: BISTOLFI, Leonardo; CANAVESIO, Walter (org). Il Fez Rosso: Scritti di un operaio della Bellezza. Torino, 2014. p. 98-103.

CAMPANHA pró monumento a Caxias: As classes patronais e trabalhistas do estado associadas ao grande movimento cívico – Escultores inscritos no concurso de maquetes – Várias. Correio Paulistano, São Paulo, ano LXXXVII

CANAVESIO, Walter. Gli spiriti della giovinezza: Leonardo Bistolfi e la targa per Alessandro Vignola. Studi Piemontesi, Torino, v. XLVIX, 2. sem. 2020, p. 393-403.

CANAVESIO, Walter. L’atelier di Leonardo Bistolfi. Allievi e collaboratori. Percorsi. Saggi e rassegne sulle fonti della Biblioteca di storia e cultura del Piemonte "Giuseppe Grosso", Torino, ano IV, n. 7, 2004, p. 51-82.

COMUNE di Asti. Registro di Nascita - Anno 1870. Certidão de Nascimento nº 659. Registro em: 23 jul. 1870.

DE GÓES, Eurico. Architectura e estatuaria sepulcraes: Um monumento de arte na necrópole da Consolação. Folha da Manhã, São Paulo, ano VIII, n. 2.618, 12 fev. 1933, p. 20.

DE POLILLO, Raul. Duas maquetes inteligentes, mas sem gosto. Diário de S. Paulo, São Paulo, 11 set. 1929.

DI GIOVANNI, Marilisa. Ernesto Bazzaro: due monumenti, due storie. Arte Lombarda, Milão, n. 151 (3), 2007, p. 70-76.

DUAS cabeças de Chevalier modeladas por Giribaldi. Correio Paulistano, São Paulo, n. 23.680, 10 out. 1929, p. 8.

EXPOSIÇÃO M. Giribaldi. Correio Paulistano, São Paulo, ano LXXXIV, n. 25.153, 11 mar. 1938, p. 7.

GALVEZ, Raphael. Autobiografia. In: LEITE, Rui Moreira. Raphael Galvez. São Paulo: Via Impressa, 2017. p. 136.

HOEPPNER, Helio. Entrevistando um Artista: Materno Giribaldi - Cinzel que imprime ao bronze e ao mármore vida e sentimentos. Correio de São Paulo, São Paulo, 16 maio 1935, p. 7.

IL VOTO artistico popolare. Corriere della Sera, Milão, 14 jun. 1897, ano XXII, n. 161, p. 3.

LA GAZZETTA del Popolo della Domenica, Torino, 10 nov. 1895, p. 356-357. In: BERRESFORD, Sandra; BOSSAGLIA, Rossana. Bistolfi 1859-1933: Il percorso di uno scultore simbolista. Torino: Piemme, 1984, p. 173.

MADRUZZA, Marilisa Di Giovanni (org.). Ernesto Bazzaro: Epistolario. Florença: La Nuova Italia Editrice, 1993, p. 144; 194-195.

MARESCOTTI, F. A. La Triennale. Domenica Letteraria, Milão, ano II, n. LXXV, 6 jun. 1897, p. 3-4.

MONUMENTO ai caduti. Gazzetta Popolare, Asti, 16 dez. 1922.

NATIONAL Archives and Records Administration. Data Files Relating to the Immigration of Italians to the United States, created, ca. 1977-2002, documenting the period 1855 – 1900. Manifest Header Data File, 1834 – ca. 1900. Manifest Identication Number 82769 – La Normandie, 18 maio 1896.

O.B. La terza triennale. Corriere della Sera, Milão, ano XXII, n. 177, 30 jun. 1897.

PARAMOUNT. Fanfulla, São Paulo, 10 out. 1929. Cinematografi, p.6.

PREFEITURA Municipal de São Paulo. Departamento de Obras e Viação. Processo nº 2021 - 0.000.745 – 5. Parte interessada: Secondo Sergente Rossa, 2 fev. 1942.

PREFEITURA Municipal de São Paulo. Diretoria de Higiene. Processo nº 10.798-A. Afife Nassif Jafet e Maria Alice Braga Pereira da Rocha, 1926.

PREFEITURA Municipal de São Paulo. Serviço Funerário Municipal. Carta de Concessão do terreno 12/rua 37 - Cemitério da Consolação. Registro em: 15 jun. 1926.

PROF. Giribaldi. Il Pasquino Coloniale, São Paulo, ano XVII, n. 915, 30 mai. 1925, p. 15.

SÃO PAULO (SP). Delegacia de fiscalização de entrada, permanência e saída de estrangeiros. Ficha de Materno Gaetano Giribaldi. Registro em: 28 jan. 1942.

SÃO PAULO (SP). Oficial de Registro Civil das Pessoas Naturais do 15º Subdistrito - Bom Retiro. Certidão de óbito de Materno Giribaldi. Matrícula nº 111245 01 55 1951 4 00017 262 0005757-48. Registro em: 18 set. 1951.

SETTI, Augusto. Il Voto Artistico Popolare: A proposito dei premi popolari alla Triennale di Brera. L'Illustrazione Italiana, Milão, ano XXIV, n. 26, 27 jun. 1897, p. 15-16.

SOLENNE inaugurazione della Fontana in piazza Medici. Il Cittadino, Asti, 21 out. 1908.

TARICCO, Silvia. Lo Scultore Materno Giribaldi. Il Platano, Asti, ano III, n. 4, 1978, p. 17-27.

TERZA Esposizione Triennale di Belle Arti - Brera 1897: Catalogo illustrato. Milão: Fratelli Treves, 1897. 64 p.

TOMBA Zo. Il Cittadino, Asti, 3 nov. 1912.

TRIBUNAL de Justiça do Estado de São Paulo. 4ª Vara Cível. Processo nº184/1934, Materno Giribaldi e Julio Paperetti, 7 mai. 1934, 177 p.

VINSE il concorso. Gazzetta d‘Asti, Asti, 3 jan. 1903, ano IV, n. 1, p. 3.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2021 Eva Pralon Catelli

Downloads

Não há dados estatísticos.