Banner Portal
Plano de gestão de dados de pesquisa de povos indígenas
PDF
ÁUDIO
VÍDEO

Palavras-chave

Plano de gestão de dados de pesquisa
Princípios FAIR
Princípios CARE
Preservação digital
Povos indígenas

Como Citar

TORINO, Emanuelle; MONTEIRO, Elizabete Cristina de Souza de Aguiar; VIDOTTI, Silvana Aparecida Borsetti Gregorio. Plano de gestão de dados de pesquisa de povos indígenas: considerações acerca dos princípios FAIR e CARE. Revista Brasileira de Preservação Digital, Campinas, SP, v. 4, n. 00, p. e023007, 2023. DOI: 10.20396/rebpred.v4i00.17936. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/rebpred/article/view/17936. Acesso em: 14 jul. 2024.

Resumo

Introdução: A gestão de dados de pesquisa é uma preocupação recente da comunidade científica. Pesquisadores e grupos de pesquisa têm diferentes práticas e abordagens de gestão de dados, considerando aspectos relacionados às suas áreas de conhecimento. Nesse contexto, o tratamento dos dados, desde a fase de coleta até a disponibilização, deve considerar aspectos como os Princípios FAIR e CARE, bem como à preservação digital, questões fundamentais para assegurar que os dados gerados possam ser compartilhados para acesso e uso atual e futuro. Objetivo: Discutir o Plano de Gestão de Dados de Pesquisa de Povos Indígenas, trazendo aos seus elementos os Princípios FAIR e CARE, bem como aspectos relacionados à preservação digital. Metodologia: Pesquisa bibliográfica e exploratória com abordagem qualitativa, aplicável ao contexto do Plano de Gestão de Dados de Pesquisa, em especial de Povos Indígenas. Resultados: É apresentado um arcabouço teórico que instrumentaliza o pesquisador para a elaboração do Plano de Gestão de Dados de Pesquisa de Povos Indígenas, considerando o tratamento ético, técnico e a preservação digital dos dados. Conclusão: A pesquisa auxilia os pesquisadores na compreensão dos Princípios FAIR e CARE, bem como nas ações de preservação digital a serem desenvolvidas para possibilitar localizar, acessar e (re)utilizar os dados criados, compilados ou gerados no futuro. Dessa forma, o pesquisador poderá elaborar o Plano de Gestão de Dados de Pesquisa de Povos Indígenas em atendimento aos Princípios FAIR e CARE e à preservação digital.

https://doi.org/10.20396/rebpred.v4i00.17936
PDF
ÁUDIO
VÍDEO

Referências

AUSTRALIAN NATIONAL DATA SERVICE. FAIR data training. Disponível em: https://www.ands.org.au/working-with-data/fairdata/training. Acesso em: 09 jul. 2020.

CARROLL, S. R.; HERCZOG, E.; HUDSON, M.; RUSSELL, K.; STALL, S. Operationalizing the CARE and FAIR Principles for Indigenous data futures. Scientific Data , London, v. 8, n. 108, abr. 2021. DOI: https://doi.org/10.1038/s41597-021-00892-0. Disponível em: https://bit.ly/3qiLGbJ. Acesso em: 05 mar. 2023.

CARROLL, S. R. et al. The CARE Principles for Indigenous Data Governance. Data Science Journal, France, v. 19, n. 1, p. 43, nov. 2020a. DOI: http://doi.org/10.5334/dsj-2020-043. Disponível em: https://bit.ly/3MM1RGc. Acesso em: 05 fev. 2021.

CARROLL, S. R. et al. Working with the CARE principles: operationalizing Indigenous data governance. 2020b. Disponível em: https://www.adalovelaceinstitute.org/blog/care-principles-operationalising-indigenous-data-governance/. Acesso em: 06 fev. 2021.

CONSELHO NACIONAL DE ARQUIVOS (Conarq). Câmara Técnica de Documentos Eletrônicos. Glossário Documentos Arquivísticos Digitais. Rio de Janeiro: Conarq, 2020a. Disponível em: https://www.gov.br/conarq/pt-br/assuntos/camaras-tecnicas-setoriaisinativas/camara-tecnica-de-documentos-eletronicos-ctde/glosctde_2020_08_07.pdf. Acesso em: 28 fev. 2023.

CONSELHO NACIONAL DE ARQUIVOS (Conarq). Câmara Técnica de documentos eletrônicos. e-ARQ Brasil: modelo de requisitos para sistemas informatizados de gestão arquivística de documentos. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2020b. Disponível em: https://www.gov.br/conarq/pt-br/assuntos/noticias/conarq-abre-consulta-publica-visando-aatualizacao-do-e-arq-brasil/EARQ_v2_2020_final.pdf. Acesso em: 28 mar. 2023.

COX, A. M. PINFIELD, S. Research data management and libraries: current activities and future priorities. Journal of Librarianship and Information Science, London, v. 46, n. 4, p. 299-316, 2014. DOI: https://doi.org/10.1177/0961000613492542. Disponível em: https://bit.ly/3qo7nad. Acesso em: 27 set. 2016.

GOFAIR. FAIR principles. Disponível em: https://www.go-fair.org/fair-principles/. Acesso em: 07 fev. 2021.

GRIFFITHS, Kalinda. Statistics, rights and recognition: the identification of Indigenous peoples. In: CONFERENCE OF IAOS OECD HEADQUARTERS, 16., 2018, Paris. Disponível em: https://www.oecd.org/iaos2018/programme/IAOS-OECD2018_Griffiths.pdf. Acesso em: 18 abr. 2022.

KUKUTAI, Tahu; TAYLOR, John (ed.). Indigenous data sovereignty: toward an agenda. Austrália: ANU Press, 2016. Disponível em: https://press-files.anu.edu.au/downloads/press/n2140/pdf/book.pdf. Acesso em: 18 fev. 2023.

LOCAL CONTEXTS. About Local Contexts and the hub. Disponível em: https://localcontexts.org/about/. Acesso em: 04 mar. 2023.

MONTEIRO, Eizabete Cristina de Souza de Aguiar. Operacionalização de repositórios de dados: uma análise sobre as perspectivas e atitudes dos pesquisadores nas questões de autoria e licença. 2021. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Universidade Estadual Paulista, 2021. Disponível em: https://repositorio.unesp.br/handle/11449/214671. Acesso em: 20 fev. 2022.

MONTEIRO, Eizabete Cristina de Souza de Aguiar; SANT’ANA, Ricardo Cesar Gonçalves. Plano de gerenciamento de dados em repositórios de dados de universidades. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, Florianópolis, v. 23, n. 53, p. 160-173, 2018. DOI: https://doi.org/10.5007/1518-2924.2018v23n53p160. Disponível em: https://bit.ly/3N7e4X6. Acesso em: 31 set. 2020.

NAÇÕES UNIDAS. Declaração das Nações Unidas sobre os direitos dos povos indígenas. Rio de Janeiro, 2008. Disponível em: https://www.un.org/esa/socdev/unpfii/documents/DRIPS_pt.pdf. Acesso em: 05 fev. 2021.

ORGANISATION FOR ECONOMIC COOPERATION AND DEVELOPMENT (OECD). Making open science a reality. OECD Science, Technology and Industry Policy Papers, 25. Paris: OECD Publishing, 2015. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1787/5jrs2f963zs1-en. Acesso em: 04 dez. 2019.

RUCKSTUHL, Katharin. Trust in Scholarly Communications and Infrastructure: indigenous data sovereignty. Frontiers in Research Metrics and Analytics, Lausanne, v. 6, jan. 2022. DOI: https://doi.org/10.3389/frma.2021.752336. Acesso em: 18 fev. 2023.

SILVA, F. C. C. National Registry of Scientific Data Management Plans by IBICT. In: PINTO, A.L.; ARENCIBIA-JORGE, R. (ed.). Data and Information in Online Environments. DIONE 2022. Lecture Notes of the Institute for Computer Sciences, Social Informatics and Telecommunications Engineering. [S. l.]: Springer, 2022. v. 452. p. 29-38. DOI: https://doi.org/10.1007/978-3-031-22324-2_3. Disponível em: https://bit.ly/3ozmnlo. Acesso em: 20 fev. 2023.

STONE, P.; CALDERON, A. CARE Principles: unpacking indigenous data governance. 2019. Disponível em: https://opendatacharter.medium.com/spotlight-care-principles-f475ec2bf6ec. Acesso em: 06 fev. 2021.

TORINO, Emanuelle. Arquitetura de dados no contexto da Ciência da Informação. 2022. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista - Unesp, Marília, 2022. Disponível em: https://repositorio.unesp.br/handle/11449/238875. Acesso em 14 abr. 2023.

TORINO, Emanuelle; CONEGLIAN, Caio Saraiva; VIDOTTI, Silvana Aparecida Borsetti Gregorio. Estruturas de representação para reuso de dados no contexto da ecologia de pesquisa: CRIS Institucional. Informação & Informação, Londrina, v. 25, n. 3, p. 1-27, jul./set. 2020. DOI: https://doi.org/10.5433/1981-8920.2020v25n3p1. Disponível em: https://bit.ly/3qo7Vgh. Acesso em: 03 nov. 2020.

VIDOTTI, Silvana Aparecida Borsetti Gregorio; TORINO, Emanuelle; CONEGLIAN, Caio Saraiva. #SejaJUSTOeCUIDADOSO: princípios FAIR e CARE na gestão de dados de pesquisa. In: SALES, Luana Farias; VEIGA, Viviane dos Santos; HENNING, Patrícia; SAYÃO, Luís Fernando (org.). Princípios FAIR aplicados à gestão de dados de pesquisa. Rio de Janeiro: Ibict, 2021. p. 201-214. DOI: https://doi.org/10.22477/9786589167242.cap15. Disponível em: https://ridi.ibict.br/handle/123456789/1182. Acesso em: 14 fev. 2022.

WILKINSON, Mark D.; DUMONTIER, Michel; AALBERSBERG, IJsbrand Jan et al. The FAIR guiding principles for scientific data management and stewardship. Scientific Data, London, v. 3, 160018, mar. 2016. DOI: https://doi.org/10.1038/sdata.2016.18. Disponível em: https://bit.ly/3MBiMes. Acesso em: 06 fev. 2021.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Emanuelle Torino, Elizabete Cristina de Souza de Aguiar Monteiro, Silvana Aparecida Borsetti Gregorio Vidotti (Autor)

Downloads

Não há dados estatísticos.