Banner Portal
Repositórios de dados de pesquisa
PDF
ÁUDIO
VÍDEO

Palavras-chave

Repositórios de dados de pesquisa
Avaliação de repositórios de dados de pesquisa
Critérios/Requisitos

Como Citar

SANTOS, Daiane Barrili dos; VANZ, Samile Andrea de Souza. Repositórios de dados de pesquisa: confrontação dos princípios, critérios e requisitos internacionais de avaliação da confiabilidade. Revista Brasileira de Preservação Digital, Campinas, SP, v. 4, n. 00, p. e023003, 2023. DOI: 10.20396/rebpred.v4i00.17355. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/rebpred/article/view/17355. Acesso em: 13 abr. 2024.

Resumo

Introdução: O conhecimento acerca dos princípios e requisitos para dados e repositórios confiáveis bem como de critérios para avaliação, pode auxiliar as instituições no planejamento e criação de repositórios confiáveis e de qualidade. Objetivo: A pesquisa visou confrontar os principais critérios, requisitos e princípios de avaliação da confiabilidade de repositórios de dados de pesquisa. Metodologia: Foram confrontados o CoreTrustSeal - Trustworthy Data Repositories Requirements 2020–2022; o ACTDR - Audit and Certification of Trustworthy Digital Repositories; os FAIR Principles; e The TRUST Principles for digital repositories. Resultados: Apesar da dificuldade de realizar o trabalho de correspondência de quatro documentos de natureza distinta, é possível estabelecer requisitos semelhantes entre eles. Conclusão: Conclui-se que os critérios, requisitos e princípios selecionados neste estudo apresentam as características almejadas para um repositório de dados confiável. A discussão destes critérios, requisitos e princípios é pertinente ao contexto brasileiro dada a incipiência dos repositórios de dados de pesquisa brasileiros.

https://doi.org/10.20396/rebpred.v4i00.17355
PDF
ÁUDIO
VÍDEO

Referências

ALBAGLI, S.; CLINIO, A.; RAYCHTOCK, S. Ciência Aberta: correntes interpretativas e tipos de ação. Liinc Em Revista, Rio de Janeiro, v. 10, n. 2, 2014. Disponível em: https://doi.org/10.18617/liinc.v10i2.749 . Acesso em: 16 fev. 2022.

ASSIS, Tainá Batista de. Rede brasileira de repositórios e o impacto dos trabalhos das subredes. I Encontro Rede Sudeste de Repositórios Institucionais. Anais. 2019. Disponível em:https://www.arca.fiocruz.br/bitstream/icict/33642/2/Anais_I_Encontro_Sudeste_RIAA_2019.pdf. Acesso em: 13 set. 2020.

AVENTURIER, Pascal. Princípios FAIR: critérios de qualidade para dados de pesquisa. A publicação científica, 2017. Disponível em: https://publicient.hypotheses.org/1456. Acesso em: 25 jul. 2020.

CONSULTATIVE COMMITTEE FOR SPACE DATA SYSTEMS- CCSDS. Audit and Certification of Trustworthy Digital Repositories - ACTDR. Magenta Book, 2011.

CORETRUSTSEAL. The World Data System of the International Science Council (WDS) and the Data Seal of Approval (DSA) are pleased to announce the launch of a new certification organization: CoreTrustSeal. 2020a. Disponível em: https://www.coretrustseal.org/about/. Acesso em: 26 abr. 2020.

CORETRUSTSEAL. Coretrustseal Trustworthy Data Repositories Requirements 2020-2022. 2020b. Disponível em: https://www.coretrustseal.org/wp-content/uploads/2017/01/Core_Trustworthy_Data_Repositories_Requirements_01_00.pdf. Acesso em: 17 jun. 2020.

CORETRUSTSEAL. Update: Draft Requirements 2023-2025. Disponível em: https://www.coretrustseal.org/why-certification/meeting-community-needs/trustworthy-data-repository-requirements-review-2023-2025/. Acesso em: 16 jul. 2022.

CURTY, Renata. Para onde os dados devem ir afinal? Dados de pesquisa abertos. 2018. Disponível em: https://dadosdepesquisa.rnp.br/para-onde-os-dados-devem-ir-afinal. Acesso em: 9 jan. 2020.

DOWNS, Robert R. Improving Opportunities for New Value of Open Data: Assessing and Certifying Research Data Repositories. Data Science Journal, 2021. Disponível em: https://datascience.codata.org/article/10.5334/dsj-2021-001. Acesso em: 4 fev. 2021.

DUDZIAK, Elisabeth. Dados de Pesquisa agora devem ser armazenados e citados. SIBIUSP, 2016. Disponível em: http://www.sibi.usp.br/noticias/dados-materiais-metodos-revistas-exigem-dados-pesquisa-estejam-disponiveis. Acesso em: 5 jan. 2020.

HODSON, S. et al. Turning FAIR into reality. Interim report of the European Commission Expert Group on FAIR data. 2018. Disponível em: https://ec.europa.eu/info/sites/default/files/turning_fair_into_reality_1.pdf. Acesso em: 31, jul. 2018.

JANTZ, Ronald; GIARLO, Mike. Digital Preservation: Architecture and Technology for Trusted Digital Repositories. 2006. Disponível em: http://www.dlib.org/dlib/june05/jantz/06jantz.html. Acesso em: 4 maio. 2021.

LAMEIRA, Ana Kelly Alves. Avaliação de repositórios institucionais brasileiros: uma proposta de método de avaliação. Cadernos BAD, 2016. Disponível em: https://bad.pt/publicacoes/index.php/cadernos/article/view/1594. Acesso em: 17 abr. 2020.

MÁRDERO ARELLANO, Miguel Ángel. Critérios para a preservação digital da informação científica. 354f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Universidade Federal de Brasília, Departamento de Ciência da Informação, 2008. Disponível em: https://core.ac.uk/download/pdf/11884842.pdf. Acesso em: 27 maio. 2021.

MEDEIROS, Jackson da Silva. Uma investigação sobre a autoria de dados científicos: teias de uma rede em construção. 2015. Tese (doutorado) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2015. Disponível em: https://lume.ufrgs.br/handle/10183/116504. Acesso em: 3 abr. 2020.

RAUEN, Cristiane Vianna. A relevância de uma política nacional de acesso aberto a dados de pesquisa. Revista Construção, 2018. Disponível em: http://revistaconstrucao.org/ciencia-e-tecnologia/relevancia-de-uma-politica-nacional-de-acesso-aberto-dados-de-pesquisa/. Acesso em 14 maio. 2020.

RLG/OCLC WORKING GROUP ON DIGITAL ARCHIVE ATTRIBUTES. Trusted digital repositories: attributes and responsibilities. May 2002. Disponível em: https://www.oclc.org/content/dam/research/activities/trustedrep/repositories.pdf. Acesso em: 24 mar. 2021.

SAYÃO, Luis Fernando; SALES, Luana Farias. Subsídios para a construção de um modelo de avaliação de sistemas de gestão de dados de pesquisa. Ponto de Acesso, Salvador, v.12, n.3, p.80-108, dez. 2018. Disponível em: http://www.brapci.inf.br/index.php/res/download/119953. Acesso em: 3 abr. 2020.

TARTAROTTI, Roberta Cristina Dal´Evedove; DAL´EVEDOVE, P. R.; FUJITA, Mariângela Spotti Lopes. Biblioteconomia de dados em repositórios de pesquisa: perspectivas para a atuação bibliotecária. Informação & Informação, v. 24, n. 3, p. 207-226, 2019. Disponível em: https://www.brapci.inf.br/index.php/res/v/134221. Acesso em: 27 mar. 2020.

WILKINSON, Mark D. et al. The FAIR Guiding Principles for scientific data management and stewardship. Scientific Data, 2016. Disponível em: https://www.nature.com/articles/sdata201618. Acesso em: 23 jan. 2020.

VANZ, Samile Andrea de Souza; STUMPF, Ida Regina Chittó. Colaboração científica: revisão teórico conceitual. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 15, n. 2, Ago. 2010. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1413-99362010000200004 Acesso em: 16 fev. 2023.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Daiane Barrili dos Santos, Samile Andrea de Souza Vanz (Autor)

Downloads

Não há dados estatísticos.