Christian Dior está morto?
Na imagem, a margem esquerda contém informações bibliográficas da revista, enquanto no centro superior encontra-se o logotipo. Abaixo do logotipo, há um desenho rabiscado com quatro pessoas parcialmente sobrepostas, cada uma com poses diferentes das mãos: duas com as mãos próximas ao peito, uma cobrindo os ouvidos mais ao fundo e outra puxando a cabeça para a direita.
PDF

Palavras-chave

Dior
Moda
Fantasmagoria
Aura
Magia

Como Citar

GABINIO, Amanda de Oliveira; VIEIRA, Gabriel Luz Siqueira. Christian Dior está morto? reflexões sobre fantasmagoria e aura na moda a partir de Dior e Eu. Proa: Revista de Antropologia e Arte, Campinas, SP, v. 13, p. e023002, 2023. DOI: 10.20396/proa.v13i00.17905. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/proa/article/view/17905. Acesso em: 21 abr. 2024.

Resumo

Neste artigo iremos analisar aspectos do mundo da moda, a partir do documentário Dior e Eu, utilizando as categorias benjaminianas de fantasmagoria e aura e a relação destas com questões sobre arte, magia e mana trazidas por Marcel Mauss. Além de utilizar de Lévi-Strauss para pensar uma relação simbólica entre essas categorias. Também trabalhamos a questão da sucessão e o que significa ser um gênio criador dentro do capitalismo. Por fim, o discurso fílmico foi juntamente trabalhado com a contribuição de obras de Gilles Lipovetsky e John Berger, que foram de extrema importância para a compreensão da história da moda e sua estreita relação com a arte.

https://doi.org/10.20396/proa.v13i00.17905
PDF

Referências

ARMSTRONG, Lisa. Frédéric Tcheng on the touching story behind the Dior and I film. Telegraph, 2015. Disponível em: http://fashion.telegraph.co.uk/news-features/TMG11461150/Frederic-Tcheng-on-the-touching-story-behind-the-Dior-and-I-film.html. Acesso em: 14 mar. 2023.

AVENIDA Montaigne, número 30. Dior, 2021. Disponível em: https://www.dior.com/couture/pt_br/a-maison-dior/historias-da-dior/avenida-montaigne-numero-30. Acesso em: 26 maio 2021.

BARTHES, Roland. Sistema da moda. São Paulo: Companhia Editora Nacional - Editora da Universidade de São Paulo, 1979.

BENJAMIN, Walter. A obra de arte na era de sua reprodutibilidade técnica. Porto Alegre: L&PM, 2020.

BENJAMIN, Walter. A obra de arte na era de sua reprodutibilidade técnica. São Paulo: USP, 1955. Disponível em: https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/4179833/mod_resource/content/1/A%20OBRA%20DE%20ARTE%20NA%20ERA%20DE%20SUA%20REPRODUTIBILIDADE%20TÉCNICA.pdf. Acesso em: 26 maio 2021

BENJAMIN, Walter. Paris, capital do século XIX. In: BENJAMIN, Walter. Passagens. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2009.

BIOGRAPHIES in brief: John Galliano. Haute History, 2020. Disponível em: http://www.hautehistory.co.uk/john-galliano/biographies-in-brief-john-galliano. Acesso em: 14 mar. 2023.

BOURDIEU, Pierre. Alta costura e alta cultura. In: BOURDIEU, Pierre. Questões de sociologia. Rio de Janeiro: Marco Zero, 1983. p. 205-216.

BOURDIEU, Pierre; DELSAUT, Yvette. O costureiro e sua grife: contribuição para uma teoria da magia. Educação em Revista, Belo Horizonte, n. 34, p. 7-66, 2001.

CHRISTIAN Dior | Haute Couture Fall Winter 2012/2013 Full Show | Exclusive. [S. l.: s. n.], 2015, 1 vídeo (26 min.) Publicado pelo canal FF Channel. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=X6IL148Lo88. Acesso em: 26 maio 2021.

COUTURE By Numbers: what does it really take to make a collection?. What does it really take to make a collection?. British Vogue, 2020. Disponível em: https://www.vogue.co.uk/fashion/article/couture-by-numbers. Acesso em: 26 maio 2021.

COWLES, Charlotte. Raf Simons at Jil Sander: a retrospective. The Cut, 2012. Disponível em: https://www.thecut.com/2012/02/raf-simons-at-jil-sander-a-retrospective.html. Acesso em: 11 jun. 2021.

DEBORD, Guy. A sociedade do espetáculo. Comentários sobre a sociedade do espetáculo. Rio de Janeiro: Contraponto, 1997.

DELISTRATY, Cody. The myth of the lone creative genius. Document, Nova York, v. 1, n. 19, p, jan. 2022. Semestral. Disponível em: https://www.documentjournal.com/2022/01/the-myth-of-the-lone-creative-genius/. Acesso em: 12 abr. 2023.

DIOR, Christian. Dior by Dior. The Autobiography of Christian Dior. Londres: V&A Publishing, 2018.

DIOR et moi. Direção: Frédéric Tcheng. Roteiro: Frédéric Tcheng. Música: Ha-Yang Kim. França: CIM Productions, 2014. (90 min.), son., color.

GELL, Alfred. Arte e Agência: uma teoria antropológica. São Paulo: Ubu Editora, 2020.

GELL, Alfred. Technology and magic. Traduzido por Bruno Reinhardt. Anthropology Today, Londres, v. 4, p. 6-9, abr. 1988.

GOUVEIA, Taciana; CAMURÇA, Sílvia. O que é gênero. 2. ed. Recife: SOS CORPO, 1999.

ROUSE Visiting Artist Lecture: Raf Simons and Sterling Ruby with Jessica Morgan. [S. l.: s. n.], 2018, 1 vídeo (71 min.). Publicado pelo canal Harvard GSD. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=vduXOEYNag0. Acesso em 31 de maio de 2021.

GOLDBERG, Roselee. Performance Art: from futurism to the present. Londres: Thames And Hudson, 1988.

ISRAEL, Katrina. Director’s cut: Frédéric Tcheng turns the lens on raf simons in ‘dior and i’. Wallpaper*, 2015. Disponível em: https://www.wallpaper.com/fashion/directors-cut-frdric-tcheng-turns-the-lens-on-raf-simons-in-dior-and-i. Acesso em: 9 de junho de 2021.

JOHN Galliano sacked by Christian Dior over alleged antisemitic rant. The Guardian, 2011. Disponível em: https://www.theguardian.com/lifeandstyle/2011/mar/01/john-galliano-sacked-by-christian-dior. Acesso em: 29 de maio de 2021.

KANG, Jaeho. O espetáculo da modernidade: a crítica da cultura de walter benjamin. Novos Estudos - Cebrap, [s. l.], n. 84, p. 215-233, 2009. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/s0101-33002009000200012.

KON, Nelson. Museu Boulieu. Nelson Kon, 2022. Disponível em: https://www.nelsonkon.com.br/museu-boulieu/. Acesso em: 14 mar. 2023.

LAGROU, Els. Arte Indígena no Brasil: agência, alteridade e relação, 2009.

LÉGER, Marie; GLEYSE, Ninon. Dior: origines et histoire d'une maison emblématique. Vogue, 2020. Disponível em: https://www.vogue.fr/communaute/wiki-de-la-mode/articles/dior-gant-du-luxe/20590. Acesso em: 11 de junho de 2021.

LEITE, Pedro Pereira. Walter Benjamin e a questão da aura na obra de arte. Hypotheses, 2014. Disponível em: https://globalherit.hypotheses.org/1145. Acesso em: 24 maio 2021.

LÉVI-STRAUSS, Claude. Antropologia Estrutural. 5. ed. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1996.

LIPOVETSKY, Gilles. O império do efêmero. A moda e seu destino nas sociedades modernas. São Paulo: Companhia das Letras, 2009.

LVMH. LVMH, world leader in high-quality products. LMVH, 2021. Disponível em: https://www.lvmh.com/personal-data/. Acesso em: 11 de junho de 2021.

MANDEVILLE, Bernard. A fábula das abelhas ou vícios privados, benefícios públicos. São Paulo: Editora Unesp, 2018.

MARX, Karl. O Capital: crítica da economia política. Livro 1: o processo da produção de capital. [s. l]: Boitempo, 2013. Disponível em: https://www.gepec.ufscar.br/publicacoes/livros-e-colecoes/marx-e-engels/o-capital-livro-1.pdf. Acesso em: 20 jun. 2023.

MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. Manifesto Comunista. São Paulo: Boitempo, 2005.

MAUSS, Marcel. Ensaio sobre a dádiva. In: Sociologia e Antropologia. São Paulo: Ubu Editora, 2017.

MAUSS, Marcel. Esboço de uma teoria geral da magia. In: Sociologia e Antropologia. São Paulo: Ubu Editora, 2017.

MEDEIROS FILHO, João Quintino. Moda e gênero: o vestuário sexualizado no New Look de Christian Dior (anos 1950). Mneme - Revista de Humanidades, [S. l.], v. 16, n. 37, p. 10–36, 2016. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/mneme/article/view/8174. Acesso em: 19 abr. 2023.

MELLO E SOUZA, Gilda de. O espírito das roupas: a moda no século dezenove. São Paulo: Companhia das Letras, 1987.

MESQUITA, Cristiane. Moda Contemporânea: quatro ou cinco conexões possíveis. São Paulo: Editora Anhembi Morumbi, 2010.

MUDIMBE, Valentin-Yves. A Invenção da África: gnose, filosofia e a ordem do conhecimento. Petrópolis: Vozes, 2019.

OFICINAS culturais do estado de São Paulo. História Social da Moda. [S. l.: s. n.], 2020, 1 vídeo (89 min). Publicado pelo canal Oficinas culturais do estado de São Paulo. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=DGsYlok7rpQ&. Acesso em 31 de maio de 2021.

PLATÃO. Íon. In: PLATÃO. Complete Works. Indianapolis: Hackett Publishing Company, 1997. p. 937-949.

PRICKETT, Sarah Nicole. Raf & Ruby. The New York Style Magazine, 2014. Disponível em: https://www.nytimes.com/2014/06/10/t-magazine/raf-simons-sterling-ruby-dior-hauser-wirth.html. Acesso em: 14 mar. 2023.

REBECCA. Direção: Alfred Hitchcock. Roteiro: Daphne du Maurier; Robert E. Sherwood; Joan Harrison. Música: Arthur Johns; Jack Noyes. Estados Unidos: Selznick International Pictures, 1940. (130 min.), son., preto e branco.

RUBENSTEIN, Celestial. 1937 – ELSA SCHIAPARELLI, LOBSTER DINNER DRESS. 2020. Disponível em: https://fashionhistory.fitnyc.edu/1937-schiaparelli-lobster/. Acesso em: 10 mar. 2023.

ROUX, Elyette. Parte II: Tempo do luxo, tempo das marcas. In: LIPOVETSKY, Gilles; ROUX, Elyette. O luxo eterno: da idade do sagrado ao tempo das marcas. São Paulo: Companhia das Letras, 2005. p. 87-172.

SIMMEL, Georg. Fashion. The American Journal of Sociology, Chicago, v. 62, n. 6, p. 541-558, maio 1957.

TARGETT, Anna. Leonardo da Vinci In London – 500 Years On From His Death. Guide London, 2019. Disponível em: https://www.guidelondon.org.uk/blog/museums-galleries/leonardo-da-vinci-in-london-500-years-on-from-his-death/. Acesso em: 17 abr. 2023.

THOMAS, Nicholas. Prefácio. In: GELL, Alfred. Arte e Agência. São Paulo: Ubu Editora, 2018. p. 9-18.

TCHENG, Frédéric. FRÉDÉRIC TCHENG. DIOR AND I, 2015. Disponível em: http://www.diorandimovie.com/director. Acesso em: 9 de junho de 2021.

WAGNER, Roy. A pessoa fractal. Ponto Urbe, [s.l.], n. 8, p. 1-14, 1 jul. 2011. OpenEdition. http://dx.doi.org/10.4000/pontourbe.173. Acesso em 17 abr. 2023

WAYS OF SEEING. Direção de Mike Dubb. Roteiro: John Berger. Música: Peter Middleton. Grã-Bretanha: BBC, 1972. (120 min.), son., color.

WEBER, Max. A ética protestante e o "espírito" do capitalismo. São Paulo: Companhia das Letras, 2004.

WEBER, Max. A política como vocação. In: WEBER, Max, Ciência e Política: Duas Vocações. São Paulo: Cultrix, 2011.

WILLIAMS, Raymond. Publicidade: o sistema mágico. In: WILLIAMS, Raymond. Cultura e materialismo. São Paulo: Editora Unesp, 2011.

WILLSHER, Kim. John Galliano sacked by Christian Dior over alleged antisemitic rant. The Guardian, 1º mar. 2011. Disponível em: https://www.theguardian.com/lifeandstyle/2011/mar/01/john-galliano-sacked-by-christian-dior. Acesso em: 29 maio 2021.

WOO, Kin. “We’re just scratching the surface” - meet five digital artists reimagining the fashion show. Vogue, 22 maio 2021. Disponível em: https://www.vogue.com/article/meet-five-digital-artists-reimagining-the-fashion-show. Acesso em: 15 jun. 2021.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Amanda de Oliveira Gabinio, Gabriel Luz Siqueira Vieira

Downloads

Não há dados estatísticos.