Banner Portal
A enfermidade das abelhas em Columela e em Virgílio
PDF

Palavras-chave

Literatura agrária romana
Poesia didática
De re rustica
Geórgicas

Como Citar

SANTOS, Gilson José. A enfermidade das abelhas em Columela e em Virgílio. Phaos: Revista de Estudos Clássicos, Campinas, SP, v. 22, n. 00, p. e022014, 2022. DOI: 10.20396/phaos.v22i00.17368. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/phaos/article/view/17368. Acesso em: 26 maio. 2024.

Resumo

Neste artigo, analisamos comparativamente dois trechos selecionados das Geórgicas, de Virgílio, e do livro IX do De re rustica, de Columela – ambos referentes à apicultura; mais especificamente, à enfermidade e morte das abelhas. Esse exame tem por objetivo principal estudar o tratamento linguístico-literário decorrente de orientações genéricas distintas que os autores conferem às suas obras. O estudo apresenta quatro partes: na primeira delas, apresentamos informações biobibliográficas de Lúcio Moderato Columela; na segunda, dedicamo-nos brevemente ao pensamento político-econômico e social de Columela; na terceira, analisamos comparativamente dois trechos selecionados do livro IX do De re rustica de Columela e do canto IV das Geórgicas de Virgílio; e, por fim, esboçamos uma espécie de conclusão.

https://doi.org/10.20396/phaos.v22i00.17368
PDF

Referências

AGUILAR, D. P. El panorama literario técnico-científico em Roma (siglos I-II D.C.) “et docere et delectare”. Salamanca: Universidad de Salamanca, 2006.

ARMENDÁRIZ, J. I. G. Agronomía y tradición clásica: Columela en España. Sevilla: Universidad de Cádiz/ Universidad de Sevilla, 1995.

CARVALHO, H. L. A metáfora das abelhas em Columela: guerra e diplomacia sob Nero. Romanitas – Revista de Estudos Grecolatinos, [S. l.], n. 18, p. 158-177, 2021.

COLUMELA, L.J.M. On agriculture. London: Harvard University Press, 1968. 3v.

CONTE, G. B. Letteratura latina: manuale storico dalle origini alla fine dell’impero romano. Milano: Le Monnier, 2010.

GAFFIOT, F. Dictionnaire latin-français. Paris: Hachette, 1934.

GAILLARD, S.; MARTIN, R. Les genres littéraires à Rome. Paris: Nathan/ Scodel, 1990.

GIGANTE, M. (Org.). Lecturae Vergilianae. Napoli: Giannini, 1982.

GRANATO, Lourenço. Columela e o seu livro Cultura das Hortas. São Paulo: Editora Monteiro Lobato, 1925.

GRIMAL, P. Dicionário de Mitologia Grega e Romana. Rio de Janeiro: Bertrand, 1993.

GRIMAL, P. História de Roma. São Paulo: UNESP, 2011.

GRIMAL, P. Virgile, ou la seconde naissance de Rome. Paris: Flammarion, 1985.

HARVEY, Paul. Dicionário Oxforf de Literatura Clássica: grega e latina. Tradução de Mário da Gama Kury. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1998.

HOMERO. Ilíada. Tradução e prefácio de Frederico Lourenço. São Paulo: Peguin Classics Companhia das Letras, 2013.

MARTIN, R. Recherches sur les agronomes latins et leurs conceptions économiques et sociales. Paris: Les Belles Lettres, 1971.

MARTIN, René; GAILLARD, Jacques. Les genres littéraires à Rome. Paris: Nathan, 1990.

PARATORE, E. História da literatura Latina. 13 ed. Tradução de Manuel Losa. Lisboa: Calouste Gulbenkian, 1983.

SARAIVA, F. R. dos S. Novíssimo dicionário latino-português. Rio de Janeiro/Belo Horizonte: Garnier, 1993.

SÊNECA. Sobre a ira. Sobre a tranquilidade da alma. Tradução, introdução e notas de José Eduardo S. Lohner. São Paulo: Penguin Classics Companhia das Letras, 2014.

SIRAGO, V. Storia agraria romana. I. Fase ascensionale. Napoli: Liguori, 1995.

TREVIZAM, M. Linguagem e interpretação na Literatura Agrária Latina. 2006. Tese (Doutorado em Linguística) – Instituto de Estudos da Linguagem da UNICAMP, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2006.

VARRÃO. Das coisas do campo. Tradução, introdução e notas de Matheus Trevizam. Campinas: Editora da Unicamp, 2012.

VIRGIL. Georgics. Edited by R. F. Thomas. Cambridge: University Press, 2003.

VIRGÍLIO. Bucólicas, Geórgicas, Apéndice Virgiliano. Introducción general J. L. Vidal. Traducciones, introduciones y notas por Tomás de la Ascención Recio Garcia y Arturo Soler Ruiz. Madrid: Gredos, 2008.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

Copyright (c) 2022 Phaos: Revista de Estudos Clássicos

Downloads

Não há dados estatísticos.