Educação CTS em escolas públicas

Reflexões sobre práticas educativas

Autores

  • Roseane Freitas Fernandes UnB
  • Zaira Zangrando Cardoso Colégio Militar de Brasília
  • Rosana Cardoso de Abreu Colégio Militar de Brasília
  • Erlete Sathler de Vasconcellos Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal
  • Sandra Golçalves Coimbra Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal
  • Wilson Alves Badaró Júnior Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal
  • Shirley Margareth Buffon da Silva Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal
  • Roseline Beatriz Strieder UnB

Palavras-chave:

Ciência-tecnologia-sociedade, ensino de ciências, interdisciplinaridade

Resumo

O presente texto tem como objetivo apresentar desafios e potencialidades encontrados por um grupo de professores no desenvolvimento de práticas didático-pedagógicas fundamentadas pelos pressupostos da educação ciência-tecnologia-sociedade (CTS). Esse grupo se reuniu durante três anos, período em que estudou sobre CTS, elaborou e implementou, em diferentes escolas públicas, propostas coerentes com essa perspectiva. Questões associadas à organização curricular, à compreensão sobre o papel da escola e à afinidade entre os professores foram os maiores desafios encontrados; enquanto a receptividade dos alunos e a atribuição de significado ao que é discutido na escola são apontadas como potencialidades. Dessa experiência, destacamos a importância de um trabalho colaborativo em que professores-pesquisadores se reúnem para investigar a realidade com a qual se encontram, na perspectiva de transformá-la. Entendemos que essas reflexões podem contribuir para outros educadores dispostos a desenvolver trabalhos da mesma natureza.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Roseane Freitas Fernandes, UnB

Programa de Pós-graduação em Educação em Ciências da Universidade de Brasília

Zaira Zangrando Cardoso, Colégio Militar de Brasília

Programa de Pós-graduação em Educação em Ciências da Universidade de Brasília

Referências

AULER, Décio. Enfoque Ciência-Tecnologia-Sociedade: pressupostos para o contexto brasileiro. In: Ciência & Ensino. v.1, n. especial, 2007. Disponível em: http://143.0.234.106:3537/ojs/index.php/cienciaeensino/article/view/147/109. Acesso em: 22 fev. 2021.

AULER, Décio; BAZZO, Walter. A. Reflexões para a implementação do movimento CTS no contexto educacional brasileiro. In: Ciência & Educação, v. 7, n. 1, p. 1-13, 2001. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-73132001000100001. Acesso em: 22 fev. 2021.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Ministério da Educação. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional Nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996.

CRUZ, Sonia Maria Souza; ZYLBERSZTAJN, Arden. O enfoque ciência, tecnologia e sociedade e a aprendizagem centrada em eventos. In: PIETROCOLA, M. (org.). Ensino de Física: conteúdo e epistemologia numa concepção integradora. Florianópolis: Ed. da UFSC, 2001. p. 171-196.

FAZENDA, Ivani. Interdisciplinaridade: história, teoria e pesquisa. 11ª. ed. São Paulo: Papirus, 2003.

FREIRE, Paulo. Extensão ou Comunicação? 4ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1979.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia. 41. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2010.

GERHARD, Ana Cristina; ROCHA FILHO, João Bernardes. A fragmentação dos saberes na educação científica escolar na percepção de professores de uma escola de Ensino Médio. Investigações em Ensino de Ciências, v. 17, p. 125-145, 2012. Disponível em: https://www.if.ufrgs.br/cref/ojs/index.php/ienci/article/view/210. Acesso em: 22 fev. 2021.

HARTMANN, Ângela. Desafios e possibilidades da interdisciplinaridade no ensino médio. 2007, 229f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-graduação em Educação, Universidade de Brasília, Brasília, 2007.

JAPIASSU, Hilton. Interdisciplinaridade e patologia do saber. Rio de Janeiro: Imago. 1976.

MORIN, Edgar. Os sete saberes necessários à educação do futuro. Tradução de Catarina Eleonora F. da Silva e Jeanne Sawaya; revisão técnica de Edgard de Assis Carvalho. 2a ed. São Paulo: Cortez; Brasília, DF: UNESCO, 2000.

MUENCHEN, Cristiane. et al. Reconfiguração curricular mediante o enfoque temático: interações entre Ciência-Tecnologia-Sociedade. In: ENCONTRO DE PESQUISA EM ENSINO DE FÍSICA, 9. 2004, Jaboticatubas. Atas... Jaboticatubas: SBF, 2004.

MUENCHEN, Cristiane. Configurações curriculares mediante o enfoque CTS: desafios a serem enfrentados na EJA. Dissertação. Santa Maria/RS: CE/UFSM, 2006.

PANZERI, Carla; JUNIOR, Laerte; COMPIANI, Maurício. Tratamento de problemática socioambiental no Ensino Médio por meio da prática interdisciplinar em projeto de formação docente. Alexandria: Revista de Educação em Ciências e Tecnologia, v. 6, n. 2, p. 141-162, 2013. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/alexandria/article/view/37995. Acesso em: 22 fev. 2021.

PLACCO, Vera Maria; SOUZA, Vera Lúcia; ALMEIDA, Laurinda. O coordenador pedagógico: aportes à proposição de políticas públicas. Cadernos de Pesquisa, v. 42, n. 147, p. 754-771, 2012. Disponível em: http://publicacoes.fcc.org.br/index.php/cp/article/view/6/19. Acesso em: 22 fev. 2021.

SANTOS, Wildson. Educação científica na perspectiva de letramento como prática social: funções, princípios e desafios. Revista Brasileira de Educação, v. 12, n. 36, p. 474-492, 2007. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rbedu/v12n36/a07v1236.pdf. Acesso em: 22 fev. 2021.

SANTOS, Wildson. Educação científica humanística em uma perspectiva freireana: resgatando a função do ensino de CTS. Alexandria: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, v. 1, n. 1, p. 109-131, 2008. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/alexandria/article/view/37426. Acesso em: 22 fev. 2021.

SANTOS, Wildson. Significados da educação científica com enfoque CTS. In: CTS e educação científica: desafios, tendências e resultados de pesquisas/Wildson Luis Pereira dos Santos, Décio Auler (Org.). Brasília: Universidade de Brasília. 2011.

SANTOS, Wildson; MORTIMER, Eduardo. Uma análise de pressupostos teóricos da abordagem C-T-S (Ciência-Tecnologia-Sociedade) no contexto da educação brasileira. Ensaio: Pesquisa em Educação em Ciências, v. 2, n. 2, p. 110-132, 2000. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-21172000000200110. Acesso em: 22 fev. 2021.

SANTOS, Wildson; SCHNETZLER, Roseli. Educação em Química: compromisso com a cidadania. 3. Ed. Ijuí: Ed. Unijuí, 2003.

SHOR, Ira; FREIRE, Paulo. Medo e ousadia: o cotidiano do professor. 12. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2008.

STRIEDER, Roseline; KAWAMURA, Maria Regina. Educação CTS: parâmetros e propósitos brasileiros. Alexandria: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, v. 10, n. 1, p. 27-56, 2017. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/alexandria/article/view/1982-5153.2017v10n1p27. Acesso em: 22 fev. 2021.

STRIEDER, Roseline; WATANABE-CARAMELLO, Giselle; GEHLEN, Simoni Abordagem de temas no ensino médio: compreensões de professores de física. Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências, v. 14, n. 2, p. 153-169, 2012. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/epec/v14n2/1983-2117-epec-14-02-00153.pdf. Acesso em: 22 fev. 2021.

Downloads

Publicado

2021-08-06

Como Citar

FERNANDES, R. F.; CARDOSO, Z. Z. .; DE ABREU, R. C. .; DE VASCONCELLOS, E. S.; COIMBRA, S. G.; JÚNIOR, W. A. B. .; BUFFON DA SILVA, S. M.; STRIEDER, R. B. Educação CTS em escolas públicas: Reflexões sobre práticas educativas. Ciências em Foco, Campinas, SP, v. 14, n. 00, p. e021009, 2021. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/cef/article/view/15122. Acesso em: 5 dez. 2021.