Gerenciamento de profissionais de saúde, via convênio, em uma universidade púbica multicampus
Capa do Eixo 5, sobre Saúde e Qualidade de Vida
PDF

Palavras-chave

Saúde
Gestão
Universidade Pública
Covid-19
Convênios

Categorias

Como Citar

ZACHARIAS, André da Silva; BRAGA, Ludmila Candida de; PINCELLI, Silvia Cristina Camargo; LEIVA, Juliene de Cássia. Gerenciamento de profissionais de saúde, via convênio, em uma universidade púbica multicampus: a experiência de coordenação, na perspectiva do apoio institucional. Congresso dos Profissionais das Universidades Estaduais de São Paulo, Campinas, SP, n. 2, p. e023019, 2023. DOI: 10.20396/conpuesp.2.2023.5152. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/eventos/index.php/conpuesp/article/view/5152. Acesso em: 19 maio. 2024.

Resumo

Introdução: São objeto de estudo do presente trabalho: a contratação emergencial de quadro de profissionais de saúde, e o seu respectivo gerenciamento, através do apoio institucional na figura de um coordenador de projeto. Contratações compreendidas como um dos mecanismos internos adotados para mitigar os reflexos negativos do cenário na saúde pública para a comunidade universitária. Objetivo: Gerenciamento de grupo de profissionais, integrantes do convênio estabelecido entre as instituições, a partir do referencial do apoio institucional, que reformula o modo tradicional e hegemônico de desempenhar o gerenciamento em saúde. Metodologia: Desenvolvimento de estratégias e dispositivos, em específico: reuniões temáticas virtuais mensais de acompanhamento; e reuniões de supervisão sob demanda individual de cada profissional. Resultados: As reuniões mensais online de acompanhamento, enquanto dispositivo de aproximação do cuidado com a gestão, podem possibilitar maior apropriação dos profissionais sobre o objeto de trabalho. Já as reuniões de supervisão sob demanda dos profissionais com o coordenador de projeto, podem ser importantes como espaço facilitador para os profissionais comunicarem dificuldades e conflitos. Conclusão: Os arranjos adotados podem produzir benefícios institucionais, como: alinhamento do trabalho com objetivos planejados e aperfeiçoamento profissional. As ações desenvolvidas, fundamentadas no apoio institucional, favorecem a integração do grupo de profissionais, aproximando o cuidado da gestão, incentivando a criação de espaços coletivos e, por consequência, promove um cuidado mais qualificado com a comunidade universitária.

https://doi.org/10.20396/conpuesp.2.2023.5152
PDF

Referências

CAMPOS, Gastão Wagner de Souza. Um método para análise e co-gestão de coletivos: a construção do sujeito, a produção de valor de uso e a democracia em instituições: o método da roda. São Paulo: Hucitec, 2000. 240 p.

Plano de trabalho, Convênio Unesp-Famesp. PROCESSO UNESP Nº 2100.1104 - 2023-2027 - PÓS COVID-19. Disponível em: https://www.famesp.org.br/transparencia/convenio/unesp-reitoria-famesp-pos-covid-19/

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 André da Silva Zacharias, Ludmila Candida de Braga, Silvia Cristina Camargo Pincelli, Juliene de Cássia Leiva (Autor)

Downloads

Não há dados estatísticos.