USPdev
Capa do Eixo 1 sobre Administração, Gestão e Liderança
PDF

Palavras-chave

Desenvolvimento colaborativo
Padronização
Modularização

Categorias

Como Citar

VERISSIMO, Thiago Gomes; KAWABATA NETO, Masaki. USPdev: grupo de trabalho colaborativo no desenvolvimento de sistemas. Congresso dos Profissionais das Universidades Estaduais de São Paulo, Campinas, SP, n. 2, p. e023076, 2023. DOI: 10.20396/conpuesp.2.2023.5054. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/eventos/index.php/conpuesp/article/view/5054. Acesso em: 30 maio. 2024.

Resumo

Introdução: A USP opera em um modelo descentralizado, com várias unidades autônomas em diferentes campi. Embora essa autonomia ofereça benefícios, como flexibilidade na gestão acadêmica, também cria desafios, como a repetição de tarefas administrativas. Na área de TI, essa repetição é acentuada, dada o esforço despendido para desenvolvimento de softwares. Objetivo/metodologia: Este trabalho, por meio de pesquisa documental, apresenta os motivos que levaram a criação de um grupo de desenvolvimento colaborativo de softwares na Universidade de São Paulo (USP) em seus respectivos setores de Tecnologia da Informação (TI), bem como os resultados alcançados até então.  Resultados: Em 2018 foi criado um grupo, intitulado USPdev, composto atualmente por cerca de 50 membros de diversas unidades, com objetivo de desenvolver soluções flexíveis e compartilháveis que melhorem a eficiência e a qualidade do software usado pelas unidades. O grupo mantém seus projetos em repositórios no GitHub e publica materiais e tutoriais em seu site e canal do YouTube. Também realizou dois treinamentos para padronizar práticas de programação e engenharia de software. O foco principal do grupo é a área de TI das unidades da USP, que muitas vezes desenvolvem soluções tecnológicas semelhantes entre si para demandas locais, procurando unificar essas soluções e beneficiar todas as unidades. Conclusão: Os resultados mostram que o USPdev desempenha um papel fundamental na promoção da colaboração e do compartilhamento de recursos tecnológicos entre as unidades da USP. Por fim, essa estratégia resultou na criação de uma ampla gama de recursos, incluindo sistemas completos, bibliotecas e tutoriais.

https://doi.org/10.20396/conpuesp.2.2023.5054
PDF

Referências

SIEGEL, Fabiano Vicente. Plugins: uma alternativa para o desacoplamento, modularização e extensão de funcionalidades no desen. 2009. 1 v. TCC (Graduação) - Curso de Sistemas de Informação, Universidade Federal de Santa Catarina, Santa Catarina, 2009.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Thiago Gomes Verissimo, Masaki Kawabata Neto (Autor)

Downloads

Não há dados estatísticos.