Licitação centralizada na modalidade pregão eletrônico
Capa do Eixo 1, sobre Administração, Gestão e Liderança
PDF

Palavras-chave

Licitação
Pregão eletrônico
Otimização
Padronização
Economia

Categorias

Como Citar

VACCARI, Gabrielly; RIBEIRO, Marilda de Pontes; LEMKE, Ney. Licitação centralizada na modalidade pregão eletrônico. Congresso dos Profissionais das Universidades Estaduais de São Paulo, Campinas, SP, n. 2, p. e023185, 2023. DOI: 10.20396/conpuesp.2.2023.4917. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/eventos/index.php/conpuesp/article/view/4917. Acesso em: 30 maio. 2024.

Resumo

Introdução: A UNESP é uma Universidade pública com 34 unidades espalhadas no Estado de São Paulo, apesar de suas características específicas é possível identificar demandas de aquisições comuns, como exemplo: equipamentos de informática. Neste sentido a realização de um Pregão Eletrônico centralizado é um projeto que pode trazer benefícios a Administração Pública. Objetivo: Este trabalho objetiva demonstrar que uma licitação via Pregão Eletrônico de forma centralizada pode resultar otimização de recursos no processamento, padronização dos equipamentos e economia de escala para a Administração Pública. Metodologia: O estudo analisou os pontos de um processo de aquisição de equipamentos de Informática. O Pregão Eletrônico atendendo as 34 unidades da UNESP, evidenciamos a elaboração do termo de referência, preços referenciais, elaboração de edital e entregas descentralizadas. Para alcançar este objetivo, o trabalho conta com uma pesquisa documental e posterior estudo de caso na Unesp – Reitoria, para apreciação dos dados de processos de compra concretizados. Resultados: Para realização de um pregão eletrônico contemplando diversas unidades foi necessário a definição de descritivo do objeto pela área técnica competente, realizou-se o levantamento de dados e centralização das informações: quantidades estimadas, valores referenciais e locais de entrega, resultando uma única licitação ao invés de diversos processos, proporcionando celeridade, eficiência e significante economia de escala. Conclusão: Considerando as análises realizadas neste estudo, conclui-se que temos resultados que podem subsidiar outros gestores públicos, demonstrando que a licitação de forma centralizada proporciona compras bem elaboradas e economicamente vantajosas para Administração, melhorando assim as boas práticas e eficiência do serviço público.

https://doi.org/10.20396/conpuesp.2.2023.4917
PDF

Referências

BRASIL. Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993. Regulamenta o art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal, institui normas para licitações e contratos da Administração Pública e dá outras providências. Disponível em: <http://planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8666cons.htm>. Acesso em: 13 set. 2023.

BRASIL. Lei nº 10.520, de 17 de julho de 2002. Institui, no âmbito da União, Estados, Distrito Federal e Municípios, nos termos do art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal, modalidade de licitação denominada pregão, para aquisição de bens e serviços comuns, e dá outras providências. Disponível em: <http://planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2002/l10520.htm>. Acesso em: 13 set. 2023.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Gabrielly Vaccari, Marilda de Pontes Ribeiro, Ney Lemke (Autor)

Downloads

Não há dados estatísticos.