Banner Portal
Aurum in connection
Capa: Mauricius Farina, Calle em Veneza, 2014.
PDF

Palavras-chave

Nanoarte
Arte
Ciência.

Como Citar

STRAMBI, Marta Luiza. Aurum in connection: investigações em nanoarte. Revista Visuais, Campinas, SP, v. 1, n. 1, p. 114–132, 2015. DOI: 10.20396/visuais.v1i1.11943. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/visuais/article/view/11943. Acesso em: 16 jun. 2024.

Resumo

Este artigo apresenta uma investigação e conceitos acerca da minha produção em nanoarte, por meio de uma poética de relacionamentos ficcionais. São videoinstalações, infografias e animações digitais que consideram a corporalidade e sua imagem de acordo com uma projeção imaginária e incorporal. As imagens nanométricas partem de elementos minerais que se relacionam ao topus eletrônicos e se fundem às imagens de determinados órgãos humanos, abordando processos que evocam o diálogo entre arte e ciência, entre arte e vida.

https://doi.org/10.20396/visuais.v1i1.11943
PDF

Referências

ARNHEIM, Rudolf. Arte e percepção visual. Um psicologia da visão criadora. São Paulo: Pioneira, 2005.

BARROS, Anna. Nano: poética de um mundo novo. Organização. São Paulo: FAAP, 2008.

BREA, Jose Luis. Las tres eras de la imagen. Madrid: Akal, 2010.

CAUQUELIN, Anne. Frequentar os incorporais. São Paulo: Martins Fontes, 2008.

DIDINHUBERMAN, Georges. Ser crânio: lugar, contato, pensamento, escultura. Belo Horizonte: Editora C/ Arte, 2009.

GARTEL, Laurence. Arte & tecnologia. Milão: Edizioni Mazzotta, 1998.

HAYLES, Katherine. Nanoculture. Implications of the New Technoscience. Bristol: Intellect Books, 2004.

LIESE, Wolf. Arte digital: novos caminhos na arte. Potsdam: H. F. Ullmann, 2010.

ORFESCU, Cris; WILDE, Frederic de. Nano Art – invisible visual art. 2011. Disponível em: http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:2Dk9s7Ijw3sJ:frederik-de-wilde.com/wp-content/uploads/2011/07/Nano-Art.pdf+&cd=2&hl=ptNBR&ct=clnk&gl=br. Acesso em: 11 jul. 2015.

RUSH, Michael. Novas mídias na arte contemporânea. São Paulo: Martins Fontes, 2006.

WILSON, Stephen. Intersections of art, science, and technology. Londres: The MIT Press, 2002.

Downloads

Não há dados estatísticos.