Banner Portal
She sells sea shells
Capa: Mauricius Farina, Calle em Veneza, 2014.
PDF

Palavras-chave

Pintura
Utopia
Política
Turismo.

Como Citar

SABINO, Isabel. She sells sea shells: notas para uma poética (e uma política) em pintura. Revista Visuais, Campinas, SP, v. 1, n. 1, p. 13–34, 2015. DOI: 10.20396/visuais.v1i1.11936. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/visuais/article/view/11936. Acesso em: 25 jun. 2024.

Resumo

Sob a égide de uma frase adaptada de um filme, o epicentro temático do presente texto reside na produção artística que motiva a inquirição teórica, revelando a génese de um processo de autor de investigação em arte. Assim, em primeiro lugar procede-se à identificação das linhas de força que emergem da panorâmica geral desse percurso artístico com mais de três  décadas, desde um período inicial em que a utopia parece palpável e a que, gradualmente, se sucedem diversas realidades. Em  seguida, um conjunto mais recente de obras permite maior focagem na questão da reavaliação da pintura como possibilidade artística contemporânea, cruzando a especificidade tradicional com a abertura dos limites, a liberdade e o hibridismo. Finalmente, são reveladas algumas inquietações teóricas, poéticas e políticas de um projeto recente, ainda em curso, relacionado com o filme referido.

https://doi.org/10.20396/visuais.v1i1.11936
PDF

Downloads

Não há dados estatísticos.