Banner Portal
Acidente de trabalho como demanda de aprendizado
PDF

Palavras-chave

Estágio. Acidente de trabalho. Saúde. Serviço social.

Como Citar

FERNANDES, Marli Elisa Nascimento; RIBEIRO, Amanda Galindo; CAMILO, Maria Virgínia Righetti Fernandes. Acidente de trabalho como demanda de aprendizado. Revista Saberes Universitários, Campinas, SP, v. 1, n. 2, p. 65–75, 2016. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/saberes/article/view/6940. Acesso em: 19 abr. 2024.

Resumo

O acidente de trabalho enquanto demanda de aprendizado de estágio é importante à formação de profissional da saúde e se constitui na compreensão dos fatores sociais que envolvem o trabalho. O objetivo deste estudo foi descrever a caracterização social dos pacientes e suas relações de trabalho. Trata-se de relato de experiência no período de janeiro a agosto de 2015 utilizando as fichas de atendimentos de 13 pacientes que sofreram acidente de trabalho em finais de semana e foram internados no hospital. Foram levantadas as variáveis do perfil social e as relações de trabalho destes acidentados. A análise desta amostra se realizou  por frequência e descritiva. Os pacientes, em sua maioria, eram do gênero masculino, casados e da faixa etária produtiva, possuindo vínculo formal de trabalho. Quanto aos tipos de acidentes de trabalho, 54% ocorreram no percurso, 46% no exercício, dos quais 38% dos acidentados parecem ter tido seus direitos violados por não terem a informação quanto à comunicação do acidente, enquanto que 62% já haviam sido comunicados.  As contribuições deste estudo se inscrevem em duas dimensões: acerca das condições do trabalho na sociedade contemporânea e do aprendizado sobre o trabalho profissional. As condições de trabalho provocam agravos à saúde: os acidentes de trabalho que resultaram em internações foram provocados em sua maioria no trajeto ao trabalho, apontando para os riscos da mobilidade e das condições que a envolvem.

PDF

Referências

MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL (BR) Acidente de Trabalho. Acesso disponível em: http://www.previdencia.gov.br/servicos-ao-cidadao/todos-os-servicos/comunicacao-de-acidente-de-trabalho/ acesso setembro de 2015.

MATIAS, Jéssica Campos. Acidentes de trabalho e serviço social na empresa brasileira de correios e telégrafos: um estudo a partir das causas de acidentes de trabalho na Diretoria Regional de Santa Catarina. Florianópolis. UJSC. Trabalho de conclusão de Curso. 2012, 64p.

SEBASTIÃO, Ruth Aparecida Viana. Acidentes de Trabalho com Gravidade: Perfil dos Usuários Atendidos na UER/UNICAMP, conforme Registro no SINAN/NET. 2014. Monografia – Programa de Aprimoramento Profissional em Atendimento ao Acidentado do - Faculdade de Ciências Médicas – Universidade Estadual de Campinas/ UNICAMP, Programa de Pós-Graduação, Campinas, 2014.

NETTO, Jose Paulo. Transformações societárias e Serviço Social: Notas para uma análise prospectiva da profissão no Brasil. Serviço Social & Sociedade, São Paulo, Ano XVIII, n. 50, p. 87-132, abril 1996.

ANTUNES, Ricardo; ALVES, Giovanni. As mutações no mundo do trabalho na Era da mundialização do capital. In: Revista Educação & Sociedade, Campinas, vol.25, n.87, p. 335-351, maio/ago, 2004.

ANTUNES, Ricardo. Adeus ao trabalho? Ensaio sobre as metamorfoses e a centralidade do mundo do trabalho. 4.ed. São Paulo: Cortez; Campinas: Ed. da Universidade de Campinas, 1997, p.15.

BASÍLIO Daniel Silva, CAPUTI Lesliane, SILVA, Yuri Emanuelle. Estágio Supervisionado em Serviço Social: limites e contradições no cenário atual da política de saúde. I Congresso Internacional de Política Social e Serviço Social: Desafios Contemporâneos. Londrina PR, de 09 a 12 de junho de 2015.

CONSELHO FEDERAL DE SERVIÇO SOCIAL. Parâmetros para a Atuação de Assistentes Sociais na Saúde (BR). Grupo de Trabalho Serviço Social na Saúde. Brasília, 2009. Acesso disponível em: http: www.cfess.org.br/arquivos/Parametros_para_a_Atuacao_de_Assi.

RAICHELIS, Raquel. O assistente social como trabalhador assalariado: desafios frente as violações de seus direitos. Serviço Social & Sociedade, São Paulo, n. 107, p. 420-437, jul./set. 2011.

MENDES, Jussara; WÜNSCH, Dolores Sanches. Elementos para uma nova cultura em segurança e saúde no trabalho. In: Revista Brasileira de Saúde Ocupacional, São Paulo, 32 (115): 153-163, 2007.

MENDES, Jussara. Serviço Social e Saúde do Trabalhador: uma dispersa demanda. In: Revista Serviço Social e Sociedade, São Paulo, n.107, p.461-481, jul/set. 2011.

LEWGOY, Alzira Maria Baptista. O Estágio Supervisionado em Serviço Social: desafios e estratégias para articulação entre formação e exercício profissional. In: Temporalis. 2013 Brasília (DF), ano 13, n. 25, p. 6390, jan./jun. 2013.

OLIVEIRA Marcelo Nascimento de, MARINO Peterson Alexandre; MACHADO Vanessa Rombola. O estágio supervisionado no processo de formação profissional: Reflexões acerca do estágio em Serviço Social na UEM/Ivaiporã. I Congresso Internacional de Política Social e Serviço Social: Desafios Contemporâneos. Londrina PR, de 09 a 12 de junho de 2015

Creative Commons License
https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/

Direitos Autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores. Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de uso gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não comerciais. Sendo utilizados dados ou o artigo completo para outros fins, o autor deverá solicitar por escrito autorização ao editor para tais fins.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.