Aplicação da IA na educação proposta de utilização de um ava com IA
Neste número é apresentado algumas artigos contextualizados na temática " Inteligência Artificial na Educação", iniciando um forma de reflexão sobre a introdução da inteligência artificial aplicada na educação. Procuramos apresentar algumas reflexôes sobre aproximação da inteligência artificial na educação, passando para a questão da ética e privacidade dos dados, assim como alguns propostas de aplicação da inteligência artificila na educação.
PDF

Palavras-chave

Educação

Como Citar

NUNES, Adailton Antônio Galiza; SILVA, Desirée Moura Rodrigues da; SOUSA, Jucilene Oliveira de; SOUZA, Marcos da Silva. Aplicação da IA na educação proposta de utilização de um ava com IA. Revista InovaEduc, Campinas, SP, n. 7, p. 1–18, 2021. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/inovaeduc/article/view/15213. Acesso em: 19 abr. 2024.

Resumo

Várias instituições de ensino público, especificamente do Estado de Roraima, na tentativa de acompanhar as mudanças causadas pela Pandemia da Covid-19, em que uma das consequências do distanciamento social foi a suspensão das aulas presenciais, optaram em dar continuidade aos estudos dos alunos, mantendo a parte formativa, na tentativa de manutenção do vínculo estabelecido entre o estudante e a escola antes da Pandemia, de modo que tem trabalhado para desenvolver estratégias que amenizem essa situação, no qual sem uma padronização por parte da Secretaria Estadual de Educação e normativas do Conselho Nacional e Estadual de Educação (CNE e CEE/RR), algumas escolas optaram pela utilização de ambientes virtuais de aprendizagem, tais como: Google Classroom e Edmodo. Apesar de existirem algumas que utilizam apenas as redes sociais (Facebook, WhatsApp) para proporcionar o ensino não presencial.

PDF

Referências

BACICH, L.; TANZI N. A.; TREVISANI, F. M. (org.). Ensino híbrido: personalização e tecnologia na educação. Porto Alegre: Penso, 2015.

BRASIL. Lei 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9394.htm. Acesso em: 04 mai. 2020.

BRASIL. Diretrizes Curriculares Nacionais do Ensino Médio (DCNEM). Secretaria de Educação Básica. Brasília: MEC, 2018. Disponível em: http://novoensinomedio.mec.gov.br/resources/downloads/pdf/dcnem.pdf. Acesso em: 04 mai. 2020. GOOGLE. Disponível em: https://edu.google.com/products/classroom/?modal_active=none. Acesso em: 04 mai. 2020.

JORNAL DA USP. Inteligência artificial pode trazer benefícios na área da educação. 2018. Disponível em: https://jornal.usp.br/universidade/inteligencia-artificial-pode-trazer-beneficiosna-area-da-educacao/. Acesso em: 17 mai. 2020.

KUMAR, J. A.; BERVELL, B. Google Classroom for mobile learning in higher education: Modelling the initial perceptions of students. Education and Information Technologies. Springer. v. 24, n. 2, pp 1793–1817, 2019.

KUSMA, J.; CAMAS, N. P. V. Ambiente Virtual de Aprendizagem Edmodo como complemento do Ensino Presencial de Ciências. Os Desafios da Escola Pública Paranaense na Perspectiva do Professor PDE Artigos 2016. Volume I. Disponível em: http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/cadernospde/pdebusca/producoes_pde/2016/20 16_artigo_cien_ufpr_josianakusma.pdf. Acesso em: 04 mai. 2020.

LIMA, M. C. V.; LISBÔA, G. L. P.; AQUINO, J. M. de; SILVA, M. A. S. da; SANTOS, D. C. M. dos. Uso do Aplicativo Google Classroom em disciplina de Pós-Graduação em Enfermagem. V Congresso Nacional de Educação, 2018. Disponível em: http://www.editorarealize.com.br/revistas/conedu/trabalhos/TRABALHO_EV117_MD1_SA2 _ID8059_17092018170643.pdf. Acesso em: 04 mai. 2020.

LMS. Disponível em https://bit4learn.com/pt/lms/. Acesso em: 11 mai. 2020 MARTINS, J.; TELES, A.; VIANA, D.; SILVA, F. J.; COUTINHO, L.; TEIXEIRA, S. Avaliação do Google Sala de Aula como Ferramenta de Apoio ao Processo de Ensinoaprendizagem em um Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas Presencial. RENOTE - Revista Novas Tecnologias na Educação, V. 17, N. 3, dez., 2019. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/renote/article/view/99544. Acesso em: 04 mai. 2020.

MOREIRA, V. A.; KILLNER, G. I.; CORRALLO, M. V. Plataformas de Aprendizagem Adaptativas: Uma proposta de inserção de reforço de matemática para as aulas de física. 2º Congresso de Pós-Graduação do IFSP–2017. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/329070506. Acesso em: 04 mai. 2020.

OLIVEIRA, R. de; OLIVEIRA, M. A. de; SANTOS, G. G.; TEIXEIRA, M. C.; BARTH, V. B. O. Ambientes Virtuais para o estudo da inteligência artificial. 2019. Disponível em: http://www.profiscientia.ifmt.edu.br/profiscientia/index.php/profiscientia/article/download/24 2/140. Acesso em: 18 mai. 2020.

PALMA, M. B.; SANTOS, A. M. G. dos. Avaliação de ambientes virtuais de aprendizagem e suas funcionalidades na perspectiva do ensino híbrido. Anais do Congresso de Tecnologia na Educação, 2019. Disponível em: http://www.pe.senac.br/cte/senac2019/pdf/poster/AVALIA%C3%87%C3%83O%20DE%20AMBIENTES%20VIRTUAIS%2 0DE%20APRENDIZAGEM%20E%20SUAS%20FUNCIONALIDADES%20NA%20PERSP ECTIVA%20DO%20ENSINO%20H%C3%8DBRIDO.pdf. Acesso em: 07 mai. 2020.

PEREIRA, I. da S. D.; ALVARENGA, M. M. S. C. de; TEIXEIRA, M. C. S.; MANSUR, A. F. U. Uma proposta metodológica de ensino híbrido envolvendo a plataforma Google Classroom como ambiente virtual de aprendizagem no Ensino Médio. Revista Educação Pública, 03 abr. 2018. Disponível em: https://educacaopublica.cecierj.edu.br/artigos/18/7/uma-propostametodolgica-de-ensino-hbrido-envolvendo-a-plataforma-google-classroom-como-ambientevirtual-de-aprendizagem-no-ensino-mdio. Acesso em: 09 mai. 2020.

ROSA, J. L. G. Fundamentos da Inteligência artificial. Rio de Janeiro: LCT, 2011.

SANTOS, D. C. V.- B. dos. Acompanhamento de alunos em ambientes virtuais de aprendizagem: uma proposta baseada em sistemas tutores inteligentes. 2017. 96 f. TCC (Graduação) - Curso de Bacharelado em Ciência da Computação, Departamento de Estatística e Informática, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2017.

SANTOS, D. C. V.-B dos; FALCÃO, T. P. Acompanhamento de alunos em ambientes virtuais de aprendizagem: uma proposta baseada em sistemas tutores inteligentes. 2017. Disponível em: https://www.br-ie.org/pub/index.php/sbie/article/view/7655/5451. Acesso em: 17 maio 2020

SENAI. Tendências em inteligência artificial na educação no período de 2017 a 2030: SUMÁRIO EXECUTIVO / SENAI, Serviço Social da Indústria, Rosa Maria Vicari. Brasília: SENAI, 2018.

SILVA, Robson Santos da; SPANHOL, Fernando José. Uso da Inteligência Artificial na Estruturação de Ambientes Híbridos de Aprendizagem. 2018. Disponível em: http://www.latec.ufrj.br/revistas/index.php?journal=educaonline&page=article&op=view&pat h%5B%5D=1010. Acesso em: 17 maio 2020.

SOUZA, J. E. F. de; SILVA, K. C. da; LOPES, D. C.; CINTRA, M. E. Aplicações da Inteligência Artificial na resolução de problemas clássicos da Educação a Distância. 2019. Disponível em: https://repositorio.ufersa.edu.br/bitstream/prefix/4825/1/JessicaEFS_ART.pdf. Acesso em: 17 maio 2020.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2020 Adailton Antônio Galiza Nunes, Desirée Moura Rodrigues da Silva, Jucilene Oliveira de Sousa, Marcos da Silva Souza

Downloads

Não há dados estatísticos.