Donato Giannotti, intérprete florentino da república de Veneza

  • Luís Alves Falcão Universidade Federal Fluminense – UFF

Resumo

O artigo visa expor o principal argumento do pensamento constitucional de Donato Giannotti. Na grande crise da última república de Florença (1527-1530) e a possibilidade do retorno de um sistema de governo livre, Giannotti é o teórico republicano mais influente de sua geração. Ele produz uma análise da República de Veneza para compreender e inventar um novo regime para a sua cidade. Mas, fazendo isso, ele dialoga com o pensamento de Savonarola e Maquiavel, que escreveram sobre as vantagens e desvantagens do aristocratismo republicano de Veneza. O ponto de inovação de Giannotti nesse contexto intelectual é que ele objetiva equalizar todos os espaços políticos em uma nova interpretação do governo misto. Para concluir, sustento que a sua abordagem não é apenas importante para o desenvolvimento dos sistemas eleitorais modernos, mas também para a liberação de cada cidadão de seu grupo social. Por fim, Giannotti, sustentando isso, parece ser o pensador republicano mais democrático do Renascimento italiano.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-10-07