Entropia e energias de Helmholtz e de Gibbs

Autores

  • Adalberto B. M. S. Bassi Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/chemkeys.v0i11.9634

Palavras-chave:

Entropia. Energia de Helmholtz. Energia de Gibbs. Segunda lei da termodinâmica. Estabilidade. Equilíbrio.

Resumo

Tradicionalmente, o conceito de entropia só existe para o equilíbrio, o que exige o mesmo para as energias de Helmholtz e de Gibbs, porque estas são definidas a partir dele. Como conseqüência, toda a termodinâmica acaba restrita ao equilíbrio, embora ela inclua grandezas costumeiramente chamadas mecânicas, como o volume e a energia interna, as quais são consideradas existentes mesmo fora do equilíbrio. Por esta razão, a termodinâmica é a única ciência natural que é proclamada atemporal. Porém, desde que esta imposição foi colocada, ainda no século XIX, alguns pesquisadores contra ela se rebelaram. A moderna termodinâmica dos meios contínuos, da qual a termodinâmica dos meios homogêneos é a teoria introdutória, traz nova luz sobre esta antiga polêmica. No presente trabalho, a interpretação dada por Boltzman e Planck, que jamais aceitaram restringir o conceito de entropia a estados de equilíbrio, é defendida por meio de idéias atuais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adalberto B. M. S. Bassi, Universidade Estadual de Campinas

Instituto de Química

Referências

Silberstein, L., Synopsis of Applicable Mathematics; Van Nostrand: New York, 1923.

Hill, T. L., An Introduction to Statistical Thermodynamics; Addison Wesley: Reading, 1960.

McQuarrie, D. A., Statistical Mechanics; Harper & Row: New York, 1976.

Fermi, E., Thermodynamics; Prentice-Hall: New York, 1937. Reimpressão pela Dover, em 1956.

Tolman, R. C., The Principles of Statistical Mechanics; Oxford University Press: New York, 1938. Reimpressão pela Dover, em 1979.

Messiah, A., Quantum Mechanics; Wiley: New York, 1958. Publicação em dois volumes, traduzidos para o inglês do original, em francês, intitulado “Mecanique Quantique”. O volume I foi traduzido por G. H. Temmer e o II por J. Potter. Reimpressão dos dois volumes em um único, efetuada pela Dover em 1999.

Morse, P. M.; Feshbach, H., Methods in Theoretical Physics; McGraw-Hill: New York, 1953.

Smart, L.; Moore, E., Solid State Chemistry, An Introduction; Thornes: Cheltenham, UK, 2a. ed.; 2001.

Boltzman, L., Vorlesungen über Gastheorie, I; Barth: Leipzig, 1896. Tradução para o inglês efetuada por Stephen G. Brush e publicada, em 1964, pela University of Califórnia Press, sob o título “Lectures on Gás Theory, part I”. Reimpressão, em 1995, pela Dover.

Brillouin, L., Science and Information Theory; Academic Press: New York, 2a. ed.; 1962. Reimpressão pela Dover, em 2004.

Bassi, A. B. M. S., Quantidade de Substância, ChemKeys 2005.

Landau, L. D.; Lifshitz, E. M., Statistical Physics (Course of Theoretical Physics vol. 5); Pergamon Press: London, 1958.

Atkins, P. W., Physical Chemistry; Oxford University Press: Oxford, 5a. ed.; 1994.

Bassi, A. B. M. S., Matemática e Termodinâmica, ChemKeys 2005.

Goldstein, H., Classical Mechanics; AddisonWesley: Reading, 1950.

Ehrenfest, P.; Ehrenfest, T., Begriffliche Grundlagen der statistischen Auffassung in der Mechanik, em Encyklopädie Der Mathematischen Wissenschaften vol. IV: 2: II, n. 6; Teubner: Leipzig, 1912. Tradução para o inglês efetuada por Michael J. Moravcsik e publicada, em 1959, pela The Cornell University Press, sob o título “The Conceptual Foundations of the Statistical Approach in Mechanics”. Reimpressão, em 2002, pela Dover.

Maxwell, J. C., Theory of Heat; Longmans, Green: London, 9a. ed.; 1888. Reimpressão pela Dover, em 2001.

Boltzman, L., Vorlesungen über Gastheorie, II; Barth: Leipzig, 1898. Tradução para o inglês efetuada por Stephen G. Brush e publicada, em 1964, pela University of Califórnia Press, sob o título “Lectures on Gás Theory, part II”. Reimpressão, em 1995, pela Dover.

Planck, M. K. E. L., Vorlesungen über Thermodynamik; De Gruyter: Berlin, 7a. ed.; 1922. Livro didático famoso, editado pela primeira vez por Veit, em Leipzig, 1891. A primeira tradução para o inglês foi efetuada por Alexander Ogg, sob o título “Treatise on Thermodynamics”, publicada por Longmans, Green em Londres, 1903. A tradução da sétima edição alemã foi publicada em 1926, como terceira edição inglesa. Reimpressão desta, em 1945, pela Dover.

Planck, M. K. E. L., Wissenschaftliche Selbstbiographie; Barth: Leipzig, 1948.

Truesdell, C. A.; Toupin, R., The Classical Field Theories, em Handbuch der Physik vol. III, part 1; Springer-Verlag: Berlin, 1960.

Truesdell, C. A., Rational Thermodynamics; Springer-Verlag: New York, 2a. ed.; 1984.

Day, W. A., The Thermodynamics of Simple Materials with Fading Memory; Springer-Verlag: New York, 1972.

Owen, D. R., A First Course in the Mathematical Foundations of Thermodynamics; Springer-Verlag: New York, 1984.

Silhavý, M., The Mechanics and Thermodynamics of Continuous Media; Springer-Verlag: Berlin, 1997.

Truesdell, C. A.; Muncaster, R. G., Fundamentals of Maxwell’s Kinetic Theory of a Simple Monatomic Gas - Treated as a Branch of Rational Mechanics; Academic Press: Boston, 1980.

Muller, I.; Ruggeri, T., Rational Extended Thermodynamics, em Springer Tracts in Natural Philosophy, vol. 37; Springer-Verlag: New York, 1998.

Gibbs, J. W., The Collected Works of Josiah Willard Gibbs; Longmans, Green: New York, 1928.

Callen, H. B., Thermodynamics; an introduction to the physical theories of equilibrium thermostatic and irreversible thermodynamics; Wiley: New York, 1960.

Downloads

Publicado

2018-09-17

Como Citar

Bassi, A. B. M. S. (2018). Entropia e energias de Helmholtz e de Gibbs. Revista Chemkeys, (11), 1–14. https://doi.org/10.20396/chemkeys.v0i11.9634

Edição

Seção

Físico-Química