Redes e reaplicabilidade de tecnologias sociais no campo da agricultura: estudo comparativo entre Brasil, Colômbia, Argentina e México
PDF

Palavras-chave

Tecnologia social
Agricultura
Redes
Reaplicabilidade

Como Citar

SANTANA DA SILVA, Maria Gabriela; COUTO RIBEIRO, Beatriz; PIRES DE ARRUDA LEITE, Juliana. Redes e reaplicabilidade de tecnologias sociais no campo da agricultura: estudo comparativo entre Brasil, Colômbia, Argentina e México. Seminários do LEG, Limeira, SP, n. 10, 2020. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/eventos/index.php/leg/article/view/3543. Acesso em: 23 maio. 2024.

Resumo

A investigação de soluções tecnológicas inclusivas, que representem efetiva transformação para diferentes realidades locais, conduz ao surgimento do conceito de Tecnologia Social (TS). Uma de suas dimensões de destaque é a reaplicabilidade, ou o seu potencial de ser adaptada e aplicada à diferentes contextos. Outra característica é o seu desenvolvimento e implantação com a participação social de múltiplos atores – setor público, universidades, organizações da sociedade civil e a própria comunidade local – o que lhe confere um caráter de rede. Nessa perspectiva, este estudo – parte de um projeto mais amplo sobre Tecnologias Sociais na América Latina – busca compreender qual o impacto das redes no potencial de reaplicabilidade de uma TS, no âmbito da agricultura, nos seguintes países: Brasil, Colômbia, Argentina e México.

PDF
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2020 Maria Gabriela Santana da Silva, Beatriz Couto Ribeiro, Juliana Pires de Arruda Leite

Downloads

Não há dados estatísticos.