Reabertura dos Restaurantes Universitários durante a pandemia de Covid-19
Capa do Eixo 1 sobre Administração, Gestão e Liderança
PDF

Palavras-chave

Pandemia Covid-19
Restaurante universitário

Categorias

Como Citar

KIKUMOTO, Maria Antonieta Jardine et al. Reabertura dos Restaurantes Universitários durante a pandemia de Covid-19. Congresso dos Profissionais das Universidades Estaduais de São Paulo, Campinas, SP, n. 2, p. e023059, 2023. DOI: 10.20396/conpuesp.2.2023.5125. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/eventos/index.php/conpuesp/article/view/5125. Acesso em: 30 maio. 2024.

Resumo

Introdução: Implementação de procedimentos preconizados pela legislação vigente, indispensáveis para viabilizar a reabertura de Unidade de Alimentação garantindo aos usuários uma refeição equilibrada e segura principalmente quanto aos riscos associados ao contágio da COVID-19. Objetivo: Devido à tendência a aglomerações, a retomada das atividades nos restaurantes foi pautada em planos de ações objetivando o gradual e seguro retorno das atividades presenciais no âmbito universitário. Metodologia: Em 14/02/2022 ocorreu a reabertura dos Restaurantes Universitários para uso pela comunidade. Visando garantir uma reabertura segura, foram implementados procedimentos operacionais para adaptação do modelo de distribuição, instaladas barreiras em acrílico nas mesas, reforço substancial na higienização das mesas e assentos, disponibilização de displays de álcool em gel em pontos estratégicos, modificação no layout para proporcionar o fluxo linear no interior dos refeitórios,distribuição das refeições em bandejas/pratos prontos. Resultados: Para assegurar uma retomada mais segura procedeu-se à reconfiguração dos assentos nos restaurantes, respeitando o distanciamento preconizado  e a instalação das barreiras acrílicas nas mesas para aumentar a capacidade de atendimento de todos os restaurantes. Durante um período de seis meses, foram enviadas um total de 595 solicitações, abrangendo 2.870 almoços e 191 jantares, sendo garantido que o cardápio fosse servido integralmente, sem que faltasse nenhum ingrediente. Conclusão: O projeto manteve o atendimento essencial fundamental à permanência estudantil e aos refeitórios da área da saúde (HC e CAISM), garantindo uma alimentação equilibrada e segura aos estudantes e funcionários, contribuindo também na manutenção das atividades presenciais durante o combate à pandemia.

https://doi.org/10.20396/conpuesp.2.2023.5125
PDF

Referências

Portaria CVS nº05/2013 e Nota Técnica da Agência Nacional de Vigilância Sanitária 49/2020

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Maria Antonieta Jardine Kikumoto, Cassia Maria Leme de Paulo, Diego Gonçalves Marocci, Agnes Zotin, Sandra Maidel Soares da Silva, Alessandra Bortoletto Dimiras Paffrath, Graciela Cristina Lopes, Chika Fukui Sakajiri, Carolina Murari Scarazzato Turquetto, Josilene Lopes de Oliveira, José Togashi (Autor)

Downloads

Não há dados estatísticos.