O perfil dos alunos evadidos dos cursos de graduação da Faculdade de Ciências – Câmpus de Bauru – Unesp
Capa do Eixo 2, sobre Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação
PDF

Palavras-chave

Evasão estudantil
Desistência
Educação superior

Categorias

Como Citar

HASHIMOTO, Marcelo Setsuo; MAGNONI, Maria da Graça Mello; CAPELLINI, Vera Lucia Messias Fialho. O perfil dos alunos evadidos dos cursos de graduação da Faculdade de Ciências – Câmpus de Bauru – Unesp. Congresso dos Profissionais das Universidades Estaduais de São Paulo, Campinas, SP, n. 2, p. e023049, 2023. DOI: 10.20396/conpuesp.2.2023.4919. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/eventos/index.php/conpuesp/article/view/4919. Acesso em: 22 maio. 2024.

Resumo

 Introdução: As características da evasão ainda são pouco conhecidas, existindo uma carência de informações mais consistentes sobre as razões da evasão na vida do estudante. Objetivo: Traçar o perfil dos alunos evadidos dos cursos de graduação da Faculdade de Ciências – Câmpus de Bauru – Unesp, que ingressaram no período compreendido entre 2014 e 2020, por meio de Vestibular. Metodologia: Este estudo permeia uma rede de conhecimentos interdisciplinares gerados a partir do relacionamento de dados de três sistemas de gestão acadêmica da Unesp. Esses dados, após aplicação do método de análise de conteúdo proposta por Bardin (1977), nortearam a nossa investigação na busca pelos motivos da evasão, os quais foram classificados em fatores internos, externos e pessoais. Resultados: Os fatores pessoais foram os que mais tiveram impacto, tendo como os principais motivos: insatisfação com a minha escolha profissional, insatisfação com o meu rendimento acadêmico e problemas familiares e de saúde. Nos fatores externos, os motivos mais relatados foram: dificuldades em conciliar o trabalho com os estudos, dificuldades financeiras e distância entre a cidade de origem e o câmpus universitário. Quanto aos fatores internos, os motivos mais mencionados foram: falta de tempo para atividades acadêmicas extra classe, dificuldade em acompanhar o conteúdo das disciplinas, falta de tempo para desenvolver atividades formativas: pesquisa, estágios e cursos, falta de atividades práticas e problemas de infraestrutura. Conclusão: A evasão é um fenômeno complexo e desafiador, que causa desequilíbrio, desarmonia, entraves e desafios à concretização dos objetivos educacionais da Universidade.

https://doi.org/10.20396/conpuesp.2.2023.4919
PDF

Referências

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

BIAZUS, C. A. Sistema de fatores que influenciam o aluno a evadir-se dos cursos de graduação na UFSM e na UFSC: um estudo no curso de Ciências Contábeis. 2004. 203 p. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2004.

COIMBRA, C.L.; BARBOSA E SILVA, l.; COSTA, N.C.D. A evasão na educação superior: definições e trajetórias. Educ. Pesqui., São Paulo, v.47, e228764, 2021. Disponível em:https://www.scielo.br/j/ep/a/WRKk9JVNBnJJsnNyNkFfJQj/?format=pdf&lang=pt Acesso em: 14 out. 2022.

MASSINI-CAGLIARI, G.; BARREIRO, I.M.F.; PUTTI, Fernando F.; VIDOTTI, S. A. B. G.; LEMKE, N.; DOMINGUES, M.A.C.; Silva, R. C.; HASHIMOTO, M. S. Causas da Evasão na Graduação da Unesp. In: Sandro Roberto Valentini; Sergio Roberto Nobre. (Org.). Universidade em Transformação - Lições das crises. 1ª ed. São Paulo: Editora Unesp, 2020, v. 1, p. 231-246.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Marcelo Setsuo Hashimoto, Maria da Graça Mello Magnoni, Vera Lucia Messias Fialho Capellini (Autor)

Downloads

Não há dados estatísticos.