A China e a Inovação Tecnológica no MATOPIBA

acordos bilaterais, importação de alta tecnologia e disponibilidade de crédito

Autores

  • Osmar Silva Universidade Federal do Piauí
  • Raimundo Jucier Universidade Federal do Piauí

Palavras-chave:

Relação Sino – brasileira, Financiamento Chinês, MATOPIBA

Resumo

Esta pesquisa, ainda em desenvolvimento, busca analisar a importância que a China vem desempenhando no processo de inovação tecnológica da agropecuária brasileira a partir de 2008, em especial na fronteira agrícola MATOPIBA – constituída pelo Sul do Maranhão, Tocantins, Sudoeste do Piauí e Oeste da Bahia. Os anos iniciais do século XXI têm como marca a consolidação da China no posto de nova potência global e que, para além disso, se estabelece como novo centro industrial do mundo. Esse novo papel desempenhado pela China na ordem internacional tem gerado reflexos na periferia do capitalismo, no Brasil, um dos reflexos foi o aprofundamento da relação sino-brasileira e de suas trocas comerciais. Para além desse consumo chinês por commodities brasileiras, o objetivo é investigar como a China, caracterizada como um dos centros de produção de alta tecnologia e de excedente de capital financeiro, tem participado do processo de inovação tecnológica e do financiamento ao agronegócio, interno e externo às fazendas, desenvolvido na fronteira agrícola MATOPIBA. A pesquisa se desenvolve segundo dois eixos: O primeiro eixo analisa os acordos de cooperação conjunta assinados entre Brasil e China a partir de 2008; o segundo eixo se volta para a compreensão sobre as linhas de crédito disponibilizadas pelos bancos chineses e multilaterais, utilizando os dados e documentos do Global Development Bank e BNDES. Acreditamos que o caminho da pesquisa, a partir desses dois eixos complementares, abre espaço para compreender a importância da China nos processos de modernização do território voltada ao agronegócio na região do MATOPIBA.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ASSIS, Raimundo Jucier Sousa de. China, Brasil e Piauí: nova regionalização no “cerrado piauiense” em face da dinâmica da geopolítica contemporânea (2008 – 2019). Confins. V. 50, p. 1-20, 2021.

BECARD, Danielly Silva Ramos. O que esperar das relações Brasil-China?. Revista de Sociologia e Política, Curitiba, v. 19, n., p.31-44, nov. 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rsocp/v19s1/04.pdf

HARVEY, David. O neoliberalismo: história e implicações. Tradução de Adail Sobral e Maria Stela Gonçalves. São Paulo: Edições Loyola, 2008.

MAYERS, Margaret. RAY, Rebecca. At A CROSSROADS: Chinese Development Finance to Latin America and The Caribbean, 2022. Washington: Inter-American Dialogue, 2023. Disponível em: https://www.thedialogue.org/analysis/at-a-crossroads-chinese-developmentfinance-to-latin-america-and-the-caribbean-2022/

WANG, Hongying. The New Development Bank and the Asian Infrastructure Investment Bank: China's Ambiguous Approach to Global Financial Governance. Development and Change, v. 50, n. 1, p. 221-244, 2019. Disponivel em:https://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/dech.12473 .

Publicado

2023-12-31

Como Citar

SILVA, Osmar; ASSIS, Raimundo. A China e a Inovação Tecnológica no MATOPIBA: acordos bilaterais, importação de alta tecnologia e disponibilidade de crédito. Seminário Pesquisar China Contemporânea, Campinas, SP, n. 7, 2023. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/eventos/index.php/chinabrasil/article/view/5219. Acesso em: 14 abr. 2024.