Desenvolvimento da periferia na Nova Rota da Seda

Corredor Econômico China-Paquistão

Autores

  • João Victor Guimarães Universidade Federal do Rio de Janeiro

Palavras-chave:

China, Desenvolvimento, Paquistão, Nova Rota da Seda, Geopolítica

Resumo

O presente trabalho pretende contribuir para os estudos que interpretam a Nova Rota da Seda como uma visão global chinesa, conectando diferentes dimensões que reforçam a necessidade de uma análise interdisciplinar. Nesse sentido, delimitaremos nossa análise aos impactos da expansão chinesa no âmbito da Nova Rota para o desenvolvimento de países periféricos, no caso, o Paquistão. Adotamos para isso uma compreensão de desenvolvimento que não se limita por seus condicionantes puramente econômicos, entendendo-o como um processo que relaciona disputas geopolíticas, política econômica e um estado imerso em conflitos internos...

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Victor Guimarães, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Mestrando em Economia Política Internacional no Programa de Pós Graduação em Economia Política Internacional (PEPI) e Bacharel em Economia pelo Instituto de Economia (IE), ambos da UFRJ. Pesquisador do Laboratório de Estudos em Economia Política da China (LabChina) e do Centro de Estudos sobre Desigualdade e Desenvolvimento (CEDE).

Downloads

Publicado

2020-02-13

Como Citar

Guimarães, J. V. (2020). Desenvolvimento da periferia na Nova Rota da Seda: Corredor Econômico China-Paquistão. Seminário Pesquisar China Contemporânea, (3). Recuperado de https://econtents.bc.unicamp.br/eventos/index.php/chinabrasil/article/view/3142