Banner Portal
Quando o tempo fugiu do instantâneo
PDF

Palavras-chave

Instantâneo fotográfico
Deslocamentos contemporâneos
Alteridade da imagem atual.

Como Citar

SANZ, Claudia. Quando o tempo fugiu do instantâneo. Studium, Campinas, SP, n. 32, p. 52–69, 2011. DOI: 10.20396/studium.v0i32.12465. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/studium/article/view/12465. Acesso em: 18 jul. 2024.

Resumo

A sociedade contemporânea parece alterar profundamente as relações entre tempo e fotografia, instante e imagem. Tudo leva a crer que a duração está cada vez mais ausente no instantâneo fotográfico. Pensar esse aparente contrasenso – a fuga do tempo no instantâneo –possibilita dimensionarmos a complexidade temporal da fotografia, texturizando o que em geral é pensado a partir unicamente de uma pontualidade. Além disso, tal aparente contrasenso reforça a suposição de que o instantâneo fotográfico tenha sido, em algum momento da história, um tempo com duração; de que sua origem, aliás, não poderia ser pensada sem ela. Trata-se de realizar um recuo estratégico, encontrando na gênese histórica um instantâneo fotográfico que não aniquilou necessariamente a duração, mas, em vez disso, tornou-se sua condição de visibilidade. 

https://doi.org/10.20396/studium.v0i32.12465
PDF

Referências

BERGSON, Henri. Matéria e memória. Ensaio sobre a relação do corpo com o espírito. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

_____________. Duração e simultaneidade. São Paulo: Martins Fontes, 2006.

_____________. A evolução criadora. São Paulo: Martins Fontes, 2005.

DIDI-HUBERMAN, Georges. Invention of histeria: Charcot and the iconography of the Salpêtrière. Cambridge, London: the MIT Press, 2003.

GUNTHERT, André. Esthétique de l'occasion: naissance de la photographie instantanée comme genre. Paris: Études photographiques, n. 9, 2000.

_____________. La Conquête de l'instantané. Archéologie de l'imaginaire photographique en France, 1841-1895. Tese (doutorado). École des Hautes Études en Sciences Sociales. 1999.

LISSOVSKY, Mauricio. A máquina de esperar: origem e estética da fotografia moderna. Rio de Janeiro: Maud X, 2008.

LONDE, Albert. La photographie instantanée: théorie et pratique. Paris: Gauthier-Villars, 1886.

SONTAG, Susan. Ensaios sobre fotografia. São Paulo: Companhia das Letras, 2004.
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 1970 Studium

Downloads

Não há dados estatísticos.