Banner Portal
Os coletivos e o redimensionamento da autoria fotográfica
PDF

Palavras-chave

Autoria fotográfica
Identidade complexa.

Como Citar

ENTLER, Ronaldo. Os coletivos e o redimensionamento da autoria fotográfica. Studium, Campinas, SP, n. 32, p. 33–51, 2011. DOI: 10.20396/studium.v0i32.12463. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/studium/article/view/12463. Acesso em: 14 abr. 2024.

Resumo

Em suas várias configurações possíveis, os coletivos de fotógrafos podem se confundir com uma cooperativa ou agência de fotografia, um banco de imagens, uma “indústria” que otimiza a produção de obras visuais complexas; também com um laboratório de experimentação de linguagens, um grupo de estudos e pesquisas, uma produtora de eventos culturais. Muitos coletivos se identificam com uma ou outra dessas atividades. Alguns poucos se destacam pela liberdade de atuar simultaneamente em todas essas frentes. Não existe um discurso uniforme que dê conta de tudo o que hoje pode ser chamado de coletivo. Seria então prudente nomear os grupos que motivam esta reflexão, particularmente três deles, Cia de FotoGarapa e Galeria Experiência, coletivos baseados em São Paulo cuja produção venho tendo a oportunidade de acompanhar mais de perto. Comparados entre si, possuem trabalhos muito distintos, ainda que tenham eventualmente colaborado uns com os outros e, em vários momentos, participado conjuntamente de um debate que permitiu a afirmação e a disseminação desse modelo de trabalho.

https://doi.org/10.20396/studium.v0i32.12463
PDF

Referências

BARTHES, Roland. A morte do autor. In: O rumor da língua. São Paulo: Brasiliense, 1988.

BAUMAN, Zygmunt. O mal-estar da pós-modernidade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1998

BOURRIAUD, Nicholas. Estética relacional. Buenos Aires: Adriana Hidalgo Ed., 2008.

DELEUZE, Gilles; GUATARRI, Felix. Mil platôs. Capitalismo e esquizofrenia, v. 1. Rio de Janeiro: Editora 34, 1995.

________; ________. Mil platôs. Capitalismo e esquizofrenia, v. 3. Rio de Janeiro: Editora 34, 1996.

ECO, Umberto. Obra aberta. São Paulo: Perspectiva, 1971.

FOUCAULT, Michel. Qu'est-ce qu'un auteur? (1969). In: Dits et Écrits. v.1 (1954-1969). Paris: Gallimard,1994.

VASARI, Giorgio. Lives of the Most Eminent Painters Sculptors and Architects. Londres: MacMillan & Co, The Medici Society, 1912.
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 1970 Studium

Downloads

Não há dados estatísticos.