O guardador de pessoas

Autores

  • Daniel Ryo Universidade Estadual de Campinas

Palavras-chave:

Homem, Fotografia.

Resumo

A multidão como uma onda, em nada mais te devo, deixo-me levar, por uma passante, um mendigo, ou um cego; e os infindáveis comerciantes de balas, chicletes, e chocolates a um real. Relógios, pulseiras, brincos, espelhos e óculos escuros. Ruas apinhadas de gente, entre edifícios imponentes, ousam estar engajando os homens, envolvendo-os, em sua mais árdua tarefa: trabalhar, caminhar a trabalho, locomover-se por uma tarefa, ao contrário de um flaneur, onde "a sua paixão e a sua profissão é desposar a multidão"um observador que é príncipe e anda incógnito por toda a parte.

Biografia do Autor

Daniel Ryo, Universidade Estadual de Campinas

Mestrado em Multimeios (2004) pela Universidade Estadual de Campinas.

Downloads

Publicado

2019-12-11

Como Citar

Ryo, D. . (2019). O guardador de pessoas. Studium, (14), 76–90. Recuperado de https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/studium/article/view/11763

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)