Identidade por um fio

colares e fios-de-contas no culto aos Orixás

Autores

  • Francisco Moreira da Costa

DOI:

https://doi.org/10.20396/studium.v0i10.10114

Palavras-chave:

Fios-de-conta, Candomblé, Religião.

Resumo

A exposição Identidade por um Fio: colares e fios-de-contas no culto aos Orixás é um trabalho de pesquisa e documentação sobre a produção, os usos e os significados dos fios-de-conta no candomblé, articulando peças produzidas no passado com a produção de dois artistas contemporâneos, Jorge Rodrigues e Junior de Ode. A curadoria é de Roberto Conduru e os assistentes Guilherme Lemos e Celso Gatamaran e as fotografias são de Francisco Moreira da Costa. A exposição é uma realização do Centro Nacional de Folclore e Cultura Popular da FUNARTE e da UERJ (Instituto de Artes e Departamento Cultural) está em cartaz na Galeria Mestre Vitalino, do Museu de Folclore Edison Carneiro, no Catete, Rio de Janeiro, no período de 06 de junho a 08 de setembro de 2002.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-12-12

Como Citar

DA COSTA, F. M. . Identidade por um fio : colares e fios-de-contas no culto aos Orixás. Studium, Campinas, SP, n. 10, p. 18–26, 2019. DOI: 10.20396/studium.v0i10.10114. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/studium/article/view/10114. Acesso em: 6 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos