Banner Portal
Imagem construída
PDF

Palavras-chave

Arte
Ideologia publicitária
Artistas como subversivo.s

Como Citar

FARINA, Mauricius Martins. Imagem construída. Studium, Campinas, SP, n. 2, p. 37–43, 2019. DOI: 10.20396/studium.v0i2.10022. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/studium/article/view/10022. Acesso em: 19 jul. 2024.

Resumo

Partindo da proposta de relacionar a arte e a propaganda sob um aspecto ideológico para argumentar a diferença entre ambas, penso que poderia encontrar uma diversidade de proposições. No entanto, neste artigo, pretendo demonstrar uma diferença ideológica que é tramada pela própria relação do signo com o seu suporte, ou seja, uma relação que depende da estrutura mediática e não apenas do argumento conceitual para estabelecer sua singularidade. Oliviero Toscani (diretor de arte e fotógrafo da Benetton) quando disse que "a publicidade é um cadáver que nos sorri" e que "os publicitários a perfumam todos os dias" porque senão ela "cheira mal" estava propondo uma nova publicidade, sob um novo paradigma: "a realidade" ao invés da "ilusão".

https://doi.org/10.20396/studium.v0i2.10022
PDF
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2019 Studium

Downloads

Não há dados estatísticos.