Num lance de vista

a paisagem como gesto de inscrição

Autores

  • Maurice Tomioka Nilsson Universidade de São Paulo
  • Diego Viana Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.53000/rr.v14i1.17027

Palavras-chave:

Yanomami, Paisagem, Técnica, Subjetividade

Resumo

O artigo propõe uma síntese entre a abordagem objetiva do conceito de paisagem, característica da geografia física, e a subjetiva, compartilhada pelo senso comum e abordagens históricas, econômicas e sociais. A síntese se dá por meio da filosofia da técnica de Simondon, ressaltando o caráter relacional da subjetividade, e sublinha a multiescalaridade cronológica do espaço apreendido como paisagem: tempos geológico, biológico, histórico e afetivo-emotivo. Por meio do mito Yanomami do Iwari, em que os humanos adquirem o fogo, mostramos como o gesto técnico de inscrição de sentido, em todas essas escalas, está na gênese da tradução do espaço como paisagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maurice Tomioka Nilsson, Universidade de São Paulo

Doutor em Humanidades, Direitos e outras Legitimidades - Diversitas da Universidade de São Paulo

Diego Viana, Universidade de São Paulo

Doutor em Humanidades, Direitos e outras Legitimidades – Diversitas da Universidade de São Paulo

Referências

ALBERT, B. Temps du sang, temps des cendres: représentation de la maladie, système rituel et espace politique chez les Yanomami du Sud-Est (Amazonie Brésilienne). (doctoral thesis). Nanterre Paris X Nanterre Paris, France, 1985.

ALBERT, B. Urihi: Terra, Economia e Saúde Yanomami. Série Antropologia 119: 1-20 p. 1992. URL: http://dan.unb.br/images/doc/Serie119empdf.pdf

BERQUE, A. La Pensée Paysagère. Paris: Archibooks, 2008.

BERTRAND, G. Paisagem e geografia física global: esboço metodológico. Caderno de Ciências da Terra, n. 13, p. 1-27, 1971. URL: https://revistas.ufpr.br/raega/article/view/3389/2718

BOIVIN, N, ZEDER, MA, FULLAN, DQ, CROWTHER, A, LARSON, G, ERLANDSON, JM, DENHAM, T, PETRAGLIA, MD. Ecological consequences of human niche construction: Examining long-term anthropogenic shaping of global species distributions. Proceedings of the National Academy of Sciences, 113, 23, Jun. 2016. URL: https://www.pnas.org/content/113/23/6388

CLEMENT,CR. DENEVAN, WM HECKENBERGER MJ, JUNQUEIRA AB, NEVES, EG The domestication of Amazonia before European conquest Proceedings of the Royal Society B – Biological Sciences 282 (1812), 2015 URL: https://royalsocietypublishing.org/doi/10.1098/rspb.2015.0813

HARRIS, D. The Nature of Authority: Villa Culture, Landscape, and Representation in Eighteenth-Century Italy. University Park: Pennsylvania State University Press, 2003.

INGOLD, T. The Temporality of the Landscape. World archaeology 25 (2), 152-174, 1993 URL: https://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/00438243.1993.9980235

KOPENAWA, D. ALBERT, B. A queda do Céu, Palavras de um xamã Yanomami. São Paulo SP: Companhia das Letras. 2015. 730 p.

LEFEBVRE, H. The Production of Space. Oxford: Blackwell, 1991.

LEROI-GOURHAN, A. Milieu et techniques. Paris: Albin Michel, 1992.

LEVIS, C., COSTA, FRC, et al. Persistent effects of pre-Columbian plant domestication on Amazonian forest composition, Science 355 (6328), 925-931 2017. URL: https://science.sciencemag.org/content/355/6328/925

MARIA, Yanci Ladeira Paisagem: entre o sensível e o factual: uma abordagem a partir da geografia cultural. 2010. Dissertação de mestrado, Universidade de São Paulo FFLCH Dep. Geografia

MAUSS, M. "As Técnicas do Corpo" & "Ensaio Sobre a Dádiva". In: Sociologia e Antropologia. São Paulo: Cosac Naify, 2003.

MEINIG, DW., ed. The Interpretation of Ordinary Landscapes. New York: Oxford U.P., 1979.

MERLEAU-PONTY, M. Le visible et l’invisible. Paris: Gallimard, 1964.

NILSSON, MST, FEARNSIDE, PM. Yanomami Mobility and its Effects on the Forest Landscape. Human Ecology, v.39, n.3, p.235-256. 2011. URL: https://link.springer.com/article/10.1007/s10745-011-9400-4

NILSSON, Mobilidade Yanomami e interculturalidade: Ecologia Histórica, Alteridade e Resistência Cultural 2018 tese de doutorado Universidade de São Paulo: Diversitas Humanidades, Direitos e Outras Legitimidades.

SANTOS M. Pensando o Espaço do Homem. São Paulo: Edusp, 2004.

SIMONDON, G. Do Modo de Existência dos Objetos Técnicos. Rio: Contraponto, 2020a.

SIMONDON, G. A Individuação à Luz das Noções de Forma e Informação. São Paulo: Editora 34, 2020b.

STIEGLER B. La technique et le temps. Tome 1: La faute d’Epiméthée. Paris: Galilée, 1994.

TOMICH, D., MARQUESE, R.B., FUNES, R., VENEGAS, C. Reconstructing the Landscapes of Slavery. A Visual History of the Plantation in the Nineteenth-Century Atlantic World. Chapel Hill: The University of North Carolina Press, 2021.

VIANA, D. "A afeto-emotividade em Simondon e o conceito de desejo". Kriterion, ISSN: 1981-5336, Vol. 60, N. 144, pp. 537-561. URL: https://www.scielo.br/j/kr/a/NMGHNxw64RRXcq8mJCxSGNf/?lang=pt

VOGEL, S. Thinking like a Mall: Environmental Philosophy after the End of Nature. Cambridge, MA.: MIT Press, 2015.

WILBERT, J & SIMONEAU K (orgs). Folk Literature of Yanomami Indians Los Angeles: UCLA LACP, 1990.

Downloads

Publicado

2022-08-05

Como Citar

NILSSON, M. T.; VIANA, D. Num lance de vista: a paisagem como gesto de inscrição. RURIS (Campinas, Online), Campinas, SP, v. 14, n. 1, p. 76–106, 2022. DOI: 10.53000/rr.v14i1.17027. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/ruris/article/view/17027. Acesso em: 30 set. 2022.