Comparações e diálogos transversos possíveis entre a Amazônia e o Nordeste brasileiro

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/maloca.v4i00.16130

Palavras-chave:

Etnologia Indígena, Terras Baixas da América do Sul, Amazônia, Nordeste Brasileiro, Comparação

Resumo

Apresentação do dossiê Etnologia transversa entre a Amazônia e o Nordeste.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Roberto Bort Junior, Centro de Pesquisa em Etnologia Indígena

Doutorando em Antropologia Social pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Integrante  do Centro de Pesquisa em Etnologia Indígena (CPEI) da Universidade Estadual de Campinas.

Referências

Andrade, Ugo. 2012. “‘A Jurema tem dois gaios’: história Tumbalalá”. In: Carvalho, Maria Rosário; Carvalho, Ana Magda (org). Índios e caboclos: a história recontada [online]. Salvador: EDUFBA, 183-222. https://static.scielo.org/scielobooks/mv4m8/pdf/carvalho-9788523212087.pdf.

Bonfim, Evandro de Sousa; Durazzo, Leandro; Aguiar, Maycon Silva. 2021. “O ‘levante linguístico indígena’ no Nordeste, Espírito Santo e Minas Gerais: aspectos teóricos, políticos e etnográficos”. Policromias: Revista de Estudos do Discurso, Imagem e Som 6 (2): 398-420. https://revistas.ufrj.br/index.php/policromias/article/view/46719.

Bort Jr., João Roberto; Lovo, Arianne Rayis; Henrique, Fernanda Borges. 2021. “Etnologia Transversa: uma primeira conversa com Maria Rosário de Carvalho, Ugo Maia Andrade e Florêncio A. Vaz Filho”. Maloca: Revista de Estudos Indígenas, 4: e021019. DOI: 10.20396/maloca.v4i00.15959.

Bort Jr., João Roberto; Souza, Edimilson Rodrigues de; Godoi, Emília Pietrafesa de. 2020. “Apresentação do dossiê Territorialidades e pessoas errantes”. RURIS: Revista do Centro de Estudos Rurais, 12 (7): 7-22.

Carvalho, Maria Rosário de; Reesink, Edwin B. 2018. “Uma etnologia no Nordeste brasileiro: balanço parcial sobre territorialidades e identificações”. Revista Brasileira de Informação Bibliográfica em Ciências Sociais – BIB 87: 71-104. DOI: 10.17666/bib8704/2018.

Carvalho, Maria Rosário de; Souza, Jurema M. 2000. “Raça, gênero e classe em perspectiva comparativa: Nordeste do Brasil e Amazônia Ocidental”. Anais do I simpósio Internacional - O Desafio da Diferença - articulando Gênero, Raça e Classe, 2000, UFBA, Salvador, BA.

de la Cadena, Marisol. 2020. “Cosmopolítica indígena nos Andes: reflexões conceituais para além da ‘política’”. Maloca: Revista de Estudos Indígenas 2 (abril) e019011, 2020. DOI: 10.20396/maloca.v2i.13404.

Gallois, Dominique Tilkin. 2004. “Terras ocupadas? Territórios? Territorialidades?” In: Ricardo, Fanny (org.). Terras Indígenas e Unidades de Conservação da natureza o desafio das sobreposições. São Paulo: Instituto Socioambiental, 37-41.

Galvão, Eduardo. 1960. Áreas culturais indígenas do Brasil – 1900-1959. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi, Antropologia 8:1-41. http://etnolinguistica.wdfiles.com/local--files/biblio%3Agalvao-1960-areas/Galvao_1960_Areas_culturais_indigenas_do_Brasil_1900-1959.pdf.

Lara, Ernenek Mejía; Carvalho, Maria Rosário de; Andrade, Ugo Maia. 2021. Por uma etnologia transversa: cosmopolíticas no Nordeste, Leste e Amazônia indígenas. São Cristóvão: Editora UFS.

Overing Kaplan, Joana. 1977. “Orientation for paper topics”. In: ______ (org.). Social time and social space in lowland southamerican societies. Actes du XLIIe Congrès International des Américanistes. Paris: Société des Américanistes, Musée de l’Homme, 9-10.

Pedreira, Hugo Prudente da Silva. 2017. Os Pataxó Hã hã hãe e o problema da diferença. Dissertação de Mestrado, USP, São Paulo, SP, Brasil. https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8134/tde-06022017-110145/publico/2017_HugoPrudenteDaSilvaPedreira_Vcorr.pdf.

Viegas, Susana de Matos. 2007. Terra calada: os Tupinambá na Mata Atlântica do Sul da Bahia. Rio de Janeiro: 7 Letras.

Vieira, José Glebson. 2010. Amigos e competidores: política faccional e feitiçaria nos Potiguara da Paraíba. Tese de doutorado, USP, São Paulo, SP, Brasil.

Vieira, José Glebson. 2015. “‘Todo caboclo é parente’: espacialidades, história e parentesco entre os potiguara”. Revista de Antropologia 58(1): 285-217. DOI: 10.11606/2179-0892.ra.2015.102109.

Vieira, José Glebson; Amoroso, Marta; Viegas, Susana de Matos. 2015 “Apresentação - Dossiê Transformações das Territorialidades Ameríndias nas Terras Baixas (Brasil)”. Revista de Antropologia, 58 (1): 11-29.DOI: 10.11606/2179-0892.ra.2015.102098.

Viveiros de Castro, Eduardo. 2002. A inconstância da alma selvagem e outros ensaios de Antropologia. São Paulo: Cosac & Naify.

Downloads

Publicado

2022-03-16

Como Citar

BORT JUNIOR, J. R. Comparações e diálogos transversos possíveis entre a Amazônia e o Nordeste brasileiro. Maloca: Revista de Estudos Indígenas, Campinas, SP, v. 4, n. 00, p. e021024, 2022. DOI: 10.20396/maloca.v4i00.16130. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/maloca/article/view/16130. Acesso em: 5 dez. 2022.

Edição

Seção

Dossiê "Etnologia transversa entre a Amazônia e o Nordeste"