Banner Portal
O perecível e o imperecível
PDF

Palavras-chave

Território
Guarani Mbya
Etnomusicologia

Como Citar

KAHIL COHON, J. C. O perecível e o imperecível : reflexões guarani Mbya sobre a existência. Maloca: Revista de Estudos Indígenas, Campinas, SP, v. 2, p. e019009, 2020. DOI: 10.20396/maloca.v2i.13402. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/maloca/article/view/13402. Acesso em: 28 fev. 2024.

Resumo

“A próxima terra será dos índios” (PIERRI, 2018: 302). A sensação de cataclismo global que afeta a todos na contemporaneidade ganhou nova perspectiva a partir das narrativas dos povos que têm resistido ao desenvolvimento suicida das forças produtivas do capitalismo. O mundo dos brancos, ou a civilização ocidental de origem greco-romana, ou o capitalismo tardio globalizado aos moldes Norte Americanos está com seus dias contados. “Nhanderu está bravo, e por isso vai limpar esta terra e vai acabar os jurua” (Id.: 299). A divindade maior guarani não está feliz com os caminhos tomados pelo não indígena (jurua) e vai impor grandes transformações nessa terra mais uma vez. Assim profetiza Xeramoi Verá Miri rãgue’i, xamã Guarani Mbya no livro “O perecível e o Imperecível”, escrito pelo antropólogo Daniel Pierri.

https://doi.org/10.20396/maloca.v2i.13402
PDF

Referências

PIERRI, Daniel Calazans. O perecível e o imperecível: reflexões guarani Mbya sobre a existência. São Paulo: Elefante, 2018.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

Copyright (c) 2019 José Calixto Kahil Cohon

Downloads

Não há dados estatísticos.