Banner Portal
O O desenvolvimento do conceito Poulantziano de hegemonia
PDF

Palavras-chave

Poulantzas
Classes sociais
Bloco no poder
Hegemonia
Políticas sociais

Como Citar

DEL PASSO, Octávio Fonseca. O O desenvolvimento do conceito Poulantziano de hegemonia. Cadernos Cemarx, Campinas, SP, n. 12, p. 89–112, 2019. DOI: 10.20396/cemarx.v0i12.11317. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/cemarx/article/view/11317. Acesso em: 20 jun. 2024.

Resumo

Esse artigo visa mostrar como se deu o desenvolvimento do conceito de hegemonia de Nicos Poulantzas, utilizando como referência o artigo “Observações Preliminares” e o livro Poder Político e Classes Sociais. Em um segundo momento, abordamos como esse conceito foi desenvolvido e utilizado pela “Escola de Campinas”. Por fim, reclamamos pela incorporação das políticas sociais no método para a análise da hegemonia em um bloco no poder.

https://doi.org/10.20396/cemarx.v0i12.11317
PDF

Referências

BIANCHI, Alvaro. Trazendo o Estado de volta para a teoria: o debate Poulantzas-Miliband revisitado. ANPOCS, 2007. Disponível em: http://www.anpocs.com/index.php/papers-31-encontro/st-7/ st22-4/2997-alvarobianchi-trazendo/file. Acesso realizado em: 30 de março de 2018.

BOITO JR., Armando. Reforma e Crise Política no Brasil. Os conflitos de Classe nos Governos do PT. Campinas, SP: Editora Unicamp / São Paulo, SP: Editora Unesp, 2018.

BOITO JR., Armando. Política Neoliberal e Sindicalismo no Brasil. Editora Xama, São Paulo, 1999.

BERRINGER, Tatiana. A burguesia brasileira e a política externa nos governos FHC e Lula. Curitiba, Editora Appris, 2015.

CODATO, Adriano. “Poulantzas, o Estado e a Revolução”. In: Crítica Marxista, n. 27, 2008, p. 65-85.

FARIAS, Francisco Pereira de. “Frações burguesas e bloco no poder: uma reflexão a partir dos trabalhos de Nicos Poulantzas”. In: Crítica Marxista, v. 28, 2009.

FARIAS, Francisco Pereira de. Estado Burguês e Classes dominantes no Brasil (1930-1964). Curitiba, Editora CRV, 2017.

GADELHA, Igor. ALVES, Murilo Rodrigues. Governo cumpre só 13,5% da meta do Minha Casa Minha Vida para os mais pobres. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 14 de Janeiro de 2018. Disponível em: https://economia.estadao.com.br/noticias/ geral,governo-cumpre-so-13-5-da-meta-do-minha-casa-paramais-pobres,70002149698. Acesso em: 15 de Outubro de 2018.

JESSOP, Bob. “Althusser, Poulantzas, Buci-Glucksmann: desenvolvimentos ulteriores do conceito gramsciano de Estado integral”. In: Crítica Marxista, n. 29, 2009, p. 97-121.

MARX, Karl. O 18 de Brumário de Luís Bonaparte. São Paulo, Editora Boitempo, 2011.

MARX, Karl. A Guerra Civil na França. São Paulo, Editora Boitempo, 2011.

POULANTZAS, Nicos. Poder Políticos e Classes Sociais. Martins Fontes. São Paulo, 1977.

POULANTZAS, Nicos. “Gramsci: entre Sartre et Althusser. Préliminaires à l’étude de l’hégemonie dans l’Etat”. In: Repères. François Maspero, 1980. p. 33-108. S

AES, Décio A. M. de. “Estado e classes sociais no capitalismo brasileiro dos anos 70-80”. In: República do Capital, São Paulo, Boitempo Editorial, 2001, p. 49-70.

SINGER, André. O lulismo em crise: Um quebra cabeças do período Dilma Rousseff (2011-2016). Companhia das Letras, São Paulo, 2018.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2019 Octávio Fonseca Del Passo

Downloads

Não há dados estatísticos.