Banner Portal
A “atenção aos detalhes”:
PDF

Palavras-chave

Leon Trotsky
Construtivismo russo
Revolução de outubro

Como Citar

VILLELA, Thyago Marão. A “atenção aos detalhes”: : as “questões do modo de vida” e o novo byt soviético (1923). Cadernos Cemarx, Campinas, SP, n. 8, p. 85–102, 2016. DOI: 10.20396/cemarx.v0i8.10900. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/cemarx/article/view/10900. Acesso em: 14 abr. 2024.

Resumo

O artigo objetiva estabelecer o vínculo histórico entre “Questões do modo de vida”, escrito por Leon Trotsky em 1923, e o debate travado pela vanguarda artística construtivista sobre a cultura material soviética, sintetizado nos textos dos teóricos Nikolay Tarabukin e Sergei Tretiakov. A convergência entre as posições presentes em “Questões do modo de vida” e as elaborações construtivistas apontou para o nascimento de um diálogo que duraria meia década entre os artistas de vanguarda russos e a Oposição de Esquerda. Procurase apontar, assim, que a discussão sobre o modo de vida foi, no contexto do processo revolucionário russo, um debate crucial para o estabelecimento do campo político de oposição à cultura do livremercado da NEP e da burocratização do poder político, que acabou por delinear, com o seu desenvolvimento, duas estratégias distintas de atuação referentes ao campo cultural e à formação de quadros operários: a estratégia da Oposição de Esquerda, focada na difusão da cultura “pré-Outubro”; e a estratégia do movimento construtivista, calcada no imperativo da reestruturação das relações de produção.
https://doi.org/10.20396/cemarx.v0i8.10900
PDF

Referências

ARVATOV, Boris. “Everyday life and the culture of the Thing (Toward the Formulation of the Question)”. Trad. Christina Kaier. In: OCTOBER 81, Cambridge, MA, MIT Press, Summer 1997, p. 119- 128.

BROUÉ, Pierre. El Partido Bolchevique. Trad. Ramón García Fernández. Barcelona: Ayuso, 1973.

BUCHLOH, Benjamin. “Cold war constructivism”. In: GUILBAUT, Serge (Org). Reconstructing modernism. Cambridge: MA, MIT Press, 1990.

DEUTSCHER, Isaac. Trotski: o profeta desarmado, 1921-1929. Trad. Waltensir Dutra. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2005.

FIGES, Orlando. A people’s tragedy: the Russian revolution (1891-1924). New York: Penguin, 1996.

KAWAMURA, Aya. “La création collective dans le documentaire soviétique: photographie, cinéma et ‘correspondants-ouvriers`”. Trad. François Albera. In: Revue d’histoire du cinéma n. 63. França: Association Française de Recherche sur l’Histoire du Cinéma, 2011.

KIAER, Christina. The Russian Constructivist “Object” and the Revolutionizing of Everyday Life, 1921-1929. Berkley, Harvard University, 1995.

KOPP, Anatole. Quando o moderno não era um estilo e sim uma causa. São Paulo: Nobel, 1990.

MARIE, Jean Jacques. Trotski: revolucionario sin fronteras. Buenos Aires: Fondo de Cultura Económica, 2009.

MOULLEC, Gaël; WERTH, Nicolas (Org.). Rapports secrets soviétiques: la societé russe dans les documents confi dentiels. Paris: Gallimard, 1994.

TARABUKIN, N. M. El ultimo quadro: del caballete a la maquina. Trad. Andrei B. Nakov. Barcelona: G. Gili, 1977.

TRETIAKOV, Sergei. “Art in the Revolution and the Revolution in Art (Aesthetic Consumption and Production)”. October n. 118. Cambridge: MIT Press, 2006.

TROTSKY, Leon. Questões do modo de vida. Lisboa: Antidoto, 1979.

TROTSKY, Leon. Literatura e revolução. Trad. Luiz Alberto Moniz Bandeira. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2007.

TROTSKY, Leon. Questões do modo de vida. A moral deles e a nossa. Trad. Diego Siqueira, Daniel Oliveira. São Paulo: Instituto José Luís e Rosa Sundermann, 2009.

TROTSKY, Leon. El nuevo curso. Disponível em: http://ceipleontrotsky.org/El nuevo-curso-1923, 104. Acesso em 01/07/2013.

VILLELA, T. M., O ocaso de Outubro: O construtivismo russo, a Oposição de Esquerda e a reestruturação do modo de vida. Orient.: L. R. Martins, PPGAV, ECA, USP, São Paulo, 2014.

VORONSKY, Aleksandr Konstantinovich. “On proletarian art and the artistic policy of our Party”. In: Art as the cognition of life. Trad. Frederick Choate. Michigan: Mehring Books, 1998, p. 147-171.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2015 Thyago Marão Villela

Downloads

Não há dados estatísticos.