O início das idéias socialistas no Brasil

Autores

  • Daniela Oliveira Passos

DOI:

https://doi.org/10.20396/cemarx.v0i5.10844

Palavras-chave:

Socialismo, Anarquismo, Social democracia, Estado, Trabalhadores

Resumo

O presente trabalho procura analisar como se deu a organização das idéiassocialistas no Brasil no final do século XIX e início do século XX (1889-1922) e comoestas ideologias marcaram o movimento operário da “República Velha”. Para tanto,será conceituado os termos usados pelos movimentos sociais trabalhistas do período,além de especificar cronologias e tentar perceber como o contexto mundial da épocainfluenciava em terras nacionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

ALMEIDA, Cristiane de Castro e. “Da revolução à reforma: a trajetória histórica da social democracia”. Cronos: Revista de História, Pedro Leopoldo, nº 7, p.183- 197, jul. 2003.

ARANHA, Maria Lúcia de Arruda; MARTINS, Maria Helena Pires. Filosofando: introdução à filosofia. São Paulo: Moderna, 1986, cap. 7: Ideologia, p. 70-87.

BATALHA, Cláudio H. M. “A difusão do marxismo e os socialistas brasileiros na virada do século XIX”. In: MORAES, João Quartim (Org.). História do marxismo no Brasil: os influxos teóricos. Campinas, SP: Editora da UNICAMP. Vol. 2, p.11-44, 1995.

BATALHA, Cláudio H. M. “Formação da classe operária e projetos de identidade coletiva”. In: FERREIRA, Jorge; DELGADO, Lucilia de Almeida Neves (Org.). O Brasil republicano: o tempo do liberalismo excludente - da Proclamação da República à Revolução de 1930. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, p.163- 189, 2003.

COSTA, Caio Túlio. O que é anarquismo. 15 ed. São Paulo: Brasiliense, 1980.

DULLES, John W. F. Anarquistas e comunistas no Brasil (1900-1935). Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1977.

ENGELS, Friedrich. Do socialismo utópico ao socialismo científico. Lisboa: Editora Estampa, 1971. (Coleção Teoria, nº 6).

ENGELS, Friedrich; MARX, Karl. O manifesto do Partido Comunista. 13 ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1998. (Coleção Leitura).

GOMES, Ângela de Castro. A invenção do trabalhismo. 3.ed. Rio de Janeiro: Fundação Getulio Vargas, 2005. HOBSBAWM, Eric J. Revolucionários. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1982.

IGLÉSIAS, Francisco. A revolução industrial. 9 ed. São Paulo: Brasiliense, 1987.

IGLÉSIAS, Francisco. Trajetória política do Brasil: 1500-1964. São Paulo: Cia das Letras, 1993.

MARAM, Sheldon L. Anarquistas, imigrantes e movimento operário brasileiro: 1880-1920. Rio de Janeiro; São Paulo: Paz e terra, 1979, vol .6.

MORAES FILHO, Evaristo de. O socialismo brasileiro. Brasília: Instituto Teotônio Vilela, 1998.

MUNAKATA, Kazumi. A legislação trabalhista no Brasil. São Paulo: Brasiliense, 1981. PIANCIOLA, Cesare. “Socialismo”. In: BOBBIO, N.; MATTEUCCI, N.; PASQUINO, G. dicionário de política. 5.ed. Brasília: Editora UNB, vol 2, p. 1196-1202, 2000.

PINHEIRO, Paulo Sergio de M. S.; HALL, Michael M. A classe operária no Brasil: documentos (1889-1930). São Paulo: Alfa Omega, 1979, vol.6.

SPINDEL, Arnaldo. O que é socialismo. 26 ed. São Paulo: Brasiliense, 1995. (Primeiros Passos, 1).

STOPPINO, Mário. Ideologia. In: BOBBIO, Norberto; MATTEUCCI, Nicola; PASQUINO, Granfranco. Dicionário de política. 5 ed. Brasília: Editora UNB, 2000. Vol 1, p.585-597.

WILSON, Edmund. Rumo à estação Finlândia. São Paulo: Cia das Letras, 1986.

Downloads

Publicado

2009-07-24

Como Citar

PASSOS, D. O. O início das idéias socialistas no Brasil. Cadernos Cemarx, Campinas, SP, n. 5, p. 115–127, 2009. DOI: 10.20396/cemarx.v0i5.10844. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/cemarx/article/view/10844. Acesso em: 27 set. 2022.

Edição

Seção

Artigos