Banner Portal
O início das idéias socialistas no Brasil
PDF

Palavras-chave

Socialismo
Anarquismo
Social democracia
Estado
Trabalhadores

Como Citar

PASSOS, D. O. O início das idéias socialistas no Brasil. Cadernos Cemarx, Campinas, SP, n. 5, p. 115–127, 2009. DOI: 10.20396/cemarx.v0i5.10844. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/cemarx/article/view/10844. Acesso em: 3 mar. 2024.

Resumo

O presente trabalho procura analisar como se deu a organização das idéiassocialistas no Brasil no final do século XIX e início do século XX (1889-1922) e comoestas ideologias marcaram o movimento operário da “República Velha”. Para tanto,será conceituado os termos usados pelos movimentos sociais trabalhistas do período,além de especificar cronologias e tentar perceber como o contexto mundial da épocainfluenciava em terras nacionais.
https://doi.org/10.20396/cemarx.v0i5.10844
PDF

Referências

ALMEIDA, Cristiane de Castro e. “Da revolução à reforma: a trajetória histórica da social democracia”. Cronos: Revista de História, Pedro Leopoldo, nº 7, p.183- 197, jul. 2003.

ARANHA, Maria Lúcia de Arruda; MARTINS, Maria Helena Pires. Filosofando: introdução à filosofia. São Paulo: Moderna, 1986, cap. 7: Ideologia, p. 70-87.

BATALHA, Cláudio H. M. “A difusão do marxismo e os socialistas brasileiros na virada do século XIX”. In: MORAES, João Quartim (Org.). História do marxismo no Brasil: os influxos teóricos. Campinas, SP: Editora da UNICAMP. Vol. 2, p.11-44, 1995.

BATALHA, Cláudio H. M. “Formação da classe operária e projetos de identidade coletiva”. In: FERREIRA, Jorge; DELGADO, Lucilia de Almeida Neves (Org.). O Brasil republicano: o tempo do liberalismo excludente - da Proclamação da República à Revolução de 1930. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, p.163- 189, 2003.

COSTA, Caio Túlio. O que é anarquismo. 15 ed. São Paulo: Brasiliense, 1980.

DULLES, John W. F. Anarquistas e comunistas no Brasil (1900-1935). Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1977.

ENGELS, Friedrich. Do socialismo utópico ao socialismo científico. Lisboa: Editora Estampa, 1971. (Coleção Teoria, nº 6).

ENGELS, Friedrich; MARX, Karl. O manifesto do Partido Comunista. 13 ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1998. (Coleção Leitura).

GOMES, Ângela de Castro. A invenção do trabalhismo. 3.ed. Rio de Janeiro: Fundação Getulio Vargas, 2005. HOBSBAWM, Eric J. Revolucionários. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1982.

IGLÉSIAS, Francisco. A revolução industrial. 9 ed. São Paulo: Brasiliense, 1987.

IGLÉSIAS, Francisco. Trajetória política do Brasil: 1500-1964. São Paulo: Cia das Letras, 1993.

MARAM, Sheldon L. Anarquistas, imigrantes e movimento operário brasileiro: 1880-1920. Rio de Janeiro; São Paulo: Paz e terra, 1979, vol .6.

MORAES FILHO, Evaristo de. O socialismo brasileiro. Brasília: Instituto Teotônio Vilela, 1998.

MUNAKATA, Kazumi. A legislação trabalhista no Brasil. São Paulo: Brasiliense, 1981. PIANCIOLA, Cesare. “Socialismo”. In: BOBBIO, N.; MATTEUCCI, N.; PASQUINO, G. dicionário de política. 5.ed. Brasília: Editora UNB, vol 2, p. 1196-1202, 2000.

PINHEIRO, Paulo Sergio de M. S.; HALL, Michael M. A classe operária no Brasil: documentos (1889-1930). São Paulo: Alfa Omega, 1979, vol.6.

SPINDEL, Arnaldo. O que é socialismo. 26 ed. São Paulo: Brasiliense, 1995. (Primeiros Passos, 1).

STOPPINO, Mário. Ideologia. In: BOBBIO, Norberto; MATTEUCCI, Nicola; PASQUINO, Granfranco. Dicionário de política. 5 ed. Brasília: Editora UNB, 2000. Vol 1, p.585-597.

WILSON, Edmund. Rumo à estação Finlândia. São Paulo: Cia das Letras, 1986.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2008 Daniela Oliveira Passos

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...