Eficácia de um questionário de autopercepção como ferramenta de triagem das habilidades auditivas
PDF

Palavras-chave

Processamento auditivo
Triagem
Questionário.

Como Citar

OLIVEIRA, T. A. N. de; AMARAL, M. I. R. do; PLOTEGHER, S. D. C. B.; CARVALHO, N. G. de. Eficácia de um questionário de autopercepção como ferramenta de triagem das habilidades auditivas. Revista dos Trabalhos de Iniciação Científica da UNICAMP, Campinas, SP, n. 26, 2019. DOI: 10.20396/revpibic2620181280. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/eventos/index.php/pibic/article/view/1280. Acesso em: 8 dez. 2023.

Resumo

O objetivo do trabalho consistiu em analisar o uso de um questionário de autopercepção como instrumento de triagem das habilidades auditivas aplicado em escolares. O estudo foi realizado em uma Escola (etapa 1) e no Laboratório de Audiologia da Instituição (etapa 2). Os escolares foram divididos em dois grupos com base na avaliação do professor responsável: GI (bom desempenho escolar) e GII (dificuldades escolares). Passaram pela etapa 1 (meatoscopia, imitanciometria e aplicação do questionário baseado no “Scale of Auditory Behaviors”) 52 escolares, sendo 36 do GI e 16 GII, e pela etapa 2 (avaliação audiológica básica e avaliação comportamental do Processamento Auditivo (PAC)) 38 escolares, sendo 28 do GI e 10 do GII. No questionário foi acrescentada uma “situação-exemplo” para facilitar o entendimento. O escore total variava de 12 a 60 pontos. Nos testes comportamentais, considerou-se Transtorno do PAC (TPAC) o resultado alterado em pelo menos 2 testes da bateria. O escore médio no questionário do G1 foi de 45+8,06 e no G2 de 39+9,23 sendo o corte de normalidade de 28,88. Foram considerados como risco de TPAC, a partir do instrumento original que sugere pontuação <46 pontos, 17 crianças do G1 e 12 do G2. Na etapa 2 foram classificadas com TPAC 7 escolares do GI e 6 escolares do GII. Concluindo, não foi observada correlação direta entre o questionário e a avaliação diagnóstica, sendo o instrumento considerado como complementar na bateria de triagem das habilidades auditivas.

https://doi.org/10.20396/revpibic2620181280
PDF

Todos os trabalhos são de acesso livre, sendo que a detenção dos direitos concedidos aos trabalhos são de propriedade da Revista dos Trabalhos de Iniciação Científica da UNICAMP.

Downloads

Não há dados estatísticos.