Working Paper – As coalizões presidenciais e o crescimento econômico são correlacionados?

Autores

  • João Pedro Silva Rodrigues

Palavras-chave:

coalizões, crescimento, economia

Resumo

O objeto desse trabalho parte de dois macros pilares fundamentais que sustentam o meu objeto principal: Há correlação entre a estabilidade política e crescimento econômico?

No Brasil, a discussão sobre o crescimento econômico, prossegue Mantega (1998), foi atrasada devido à demora em conter a onda inflacionária dos anos 80/90, e em se fazer os ajustes que possibilitassem um novo surto de desenvolvimento. Entretanto, com os preços estabilizados na casa de um dígito e taxas medíocres de PIB per capita, foram criadas as condições e se formou a pressão social para a retomada do tema do crescimento a partir dos anos 2000.

Estre trabalho ainda está em construção. A intenção é a apresentar os seguintes tópicos: 1) revisão Bibliográfica sobre o assunto; dados preliminares; e conclusões iniciais. Por fim, acolher as recomendações adquiridas ao longo da apresentação para aprimorar o trabalho.

As ferramentas metodológicas que utilizarei nesse trabalho de conclusão de curso estará fundada por dois macros pilares fundamentais: 1) o pilar econômico que contém uma análise qualitativa e quantitativa. 2) o pilar político que contém uma análise qualitativa e quantitativa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-11-17

Como Citar

SILVA RODRIGUES, J. P. . Working Paper – As coalizões presidenciais e o crescimento econômico são correlacionados?. Seminários do LEG, Limeira, SP, n. 12, 2021. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/eventos/index.php/leg/article/view/4372. Acesso em: 30 jan. 2023.

Edição

Seção

Resumos