Análise preliminar dos riscos ambientais da Bacia do Rio Uraim, em um Município da Amazônia Oriental

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/iwisdw.n1.2022.4790

Palavras-chave:

Water supply, Environmental risk, Watershed

Resumo

This work proposes a preliminary analysis of the environmental risks caused in the Uraim River basin, in which the river that names it is used as a source of water supply in the municipality of Paragominas, State of Para, Brazil. The method used was deductive, as it is based on two true premises: (1) The river basins are altered by human actions, (2) the quality of the source of water supply becomes a challenge for the operators of water treatment plants. (WTP). The predominant activities in the municipality are livestock, agriculture, mining, logging and trade in services. The results showed that the Uraim River basin has high deforestation of native vegetation. Twelve areas of high and very high risk of a mass movement and flooding were identified, which are associated with the disorderly expansion of the urban area, combined with the geomorphology and geology of the region. It is recommended that the Uraim River basin committee be implemented, so that its watershed management can take place, in the incessant search for improving the quality of source of water supply, so that it is feasible to capture, treat and distribute safety drinking water to the population.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aline Souza Sardinha, Universidade do Estado do Pará

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Urbana da Universidade Federal de São Carlos. Docente da Universidade do Estado do Pará.

Katia Sakihama Ventura, Universidade Federal de São Carlos

Doutorado em Engenharia Hidráulica e Saneamento Universidade de São Paulo, Docente do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Urbana da Universidade Federal de São Carlos.

Referências

ARAUJO, R. C.; PONTE, M. X . Efeitos do desmatamento em larga-escala na hidrologia da bacia do Uraim, Amazônia. Revista Brasileira de Geografia Física v.09, n.07 (2016) 2390-2404. 2016. Disponível em: https://periodicos.ufpe.br/revistas/rbgfe/article/view/233810/27343. Acesso em: 22 set. 2022.

COMPANHIA DE PESQUISA DE RECURSOS MINERAIS. DEPARTAMENTO DE GESTÃO TERRITORIAL. Relatório de Setorização de Áreas em Alto e Muito Alto Risco a Movimentos de Massa, Enchentes e Inundações. Paragominas, 2018. Disponível em: https://rigeo.cprm.gov.br/jspui/handle/doc/20404. Acesso em: 28 set. 2022.

CORREA, Denison Lima. Análise da susceptibilidade a inundações na bacia hidrográfica do Rio Uraim, Paragominas - PA. Orientador: Milton Antônio da Silva Matta. 2017. 57 f. Dissertação (Mestrado em Recursos Hídricos) - Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2017. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/bitstream/2011/10751/1/Dissertacao_AnaliseSusceptibilidadeInundacoes.pdf. Acesso em: 25 set. 2022.

DUARTE, J.M.; BLANCO, C.J.V.; SANTANA, L.R. Estimativa de vazão máxima para projetos de barragem na bacia hidrográfica do Rio uraim em Paragominas/PA. R. gest. sust. ambient., Florianópolis, v. 10, n. 1, p. 262-281, mai. 2021. Disponível em: https://portaldeperiodicos.animaeducacao.com.br/index.php/gestao_ambiental/article/view/8615/5676. Acesso em: 26 set. 2022.

HOWARD, G.; CALOW, R.; MACDONALD, A.; BARTRAM, J. Climate Change and Water and Sanitation: Likely Impacts and Emerging Trends for Action. Annual Review of Environment and Resources, v.41, p. 253-276, 2016.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Cidades e Estados. Brasília, DF. 2020. Disponível em:https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pa/paragominas/panorama. Acesso em: 22 dez. 2021.

PRODANOV C. C.; FREITAS E. C. Metodologia do trabalho científico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. 2 ed. Novo Hamburgo: Feevale, 2013.

SOARES, D.A.S.; LEITE, A.S.; LOBATO, M.M.; CASTRO, C.J.N.; Usos do território em Paragominas (PA): espaço geográfico e classes sociais. v. 5 n. 8 (2016): Revista Tocantinense de Geografia. 2016. Disponível em: https://betas.uft.edu.br/periodicos/index.php/geografia/article/view/2248. Acesso em: 22 set. 2021.

WHO, 2017. Guidelines for drinking-water quality: fourth edition incorporating the first addendum. Geneva: World Health Organization; 2017. Licence: CC BY-NC-SA 3.0 IGO. Disponível em: https://www.who.int/publications-detail-redirect/9789241549950. Acesso em: 04 dez. 2021.

Downloads

Publicado

2022-11-25

Como Citar

SARDINHA, Aline Souza; VENTURA, Katia Sakihama. Análise preliminar dos riscos ambientais da Bacia do Rio Uraim, em um Município da Amazônia Oriental. International Workshop for Innovation in Safe Drinking Water, Campinas, SP, n. 1, p. 61–64, 2022. DOI: 10.20396/iwisdw.n1.2022.4790. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/eventos/index.php/iwisdw/article/view/4790. Acesso em: 21 abr. 2024.

Edição

Seção

Eixo D - Gestão por bacia hidrográfica para melhoria da qualidade da água

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

1 2 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.