Um modelos de gestão integrada com empoderamento dos gestores públicos
Capa do Eixo 1, sobre Administração, Gestão e Liderança
PDF

Palavras-chave

Gestão pública
Empoderamento
Gestão universitária

Categorias

Como Citar

CELESTINI, Paulo Ernesto; SALLA, João Antonio Aparecido; DOTTA, Luiz Carlos; THOMAZ, Maria Paula Habitante; PASSADOR, Claudia Souza. Um modelos de gestão integrada com empoderamento dos gestores públicos: estudo de caso do ICMC/USP. Congresso dos Profissionais das Universidades Estaduais de São Paulo, Campinas, SP, n. 2, p. e023029, 2023. DOI: 10.20396/conpuesp.2.2023.5180. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/eventos/index.php/conpuesp/article/view/5180. Acesso em: 24 abr. 2024.

Resumo

Introdução: Leitão (1985) indica que universidades são organizações complexas por sua especialização e por realizar múltiplas tarefas – ensino, pesquisa e extensão à comunidade – interdependentes. Lopes e Bernardes (2005) consideram que o problema de estruturação administrativa das instituições de ensino superior (IES) está na busca de um modelo de gestão que atenda as suas especificidades, cuja origem é baseada em aspectos político-ideológicos. Objetivo: o objetivo geral deste trabalho é verificar se o modelo proposto proporciona melhores resultados para a Instituição e se pode ser replicado para outras IES públicas. Metodologia: Este estudo analisou ações realizadas no ICMC para identificar as características e os elementos que compõem seu modelo de gestão. Análise com base na literatura relacionada à gestão pública, em paralelo foram analisados documentos do ICMC e materiais públicos disponíveis. Foram ouvidos servidores, parte da observação participativa, sobre o modelo de gestão: benefícios e limitações observados, eficiência e eficácia, dificuldades encontradas. Resultados: São resultados do modelo de gestão: a) Maior envolvimento nas ações institucionais, com responsabilidade; b) maior visão sistêmica, pela exposição de informações das decisões; c) maior cooperação entre os servidores; d) maior capacidade de tomada de decisão, resultante da descentralização; e) melhor distribuição da carga de trabalho e redução de estresses nas interfaces. Conclusão: os resultados demonstrados permitem concluir que o sistema de gestão participativa com empoderamento dos servidores tem resultados positivos, podendo ser utilizado em outras IES públicas. Ficou evidente a importância da valorização das pessoas nos serviços públicos, muito superiores às desvantagens observadas.

https://doi.org/10.20396/conpuesp.2.2023.5180
PDF

Referências

CASTRO, R. B. Eficácia, Eficiência e Efetividade na Administração Pública. In: EnANPAD 2006/ANPAD, 30º Encontro, 2006, Salvador/BA, 23 a 27 de setembro. Disponível em:

<http://www.anpad.org.br/enanpad/2006/dwn/enanpad2006-apsa-1840.pdf>. Acesso em: 11 fev. 2016.

COELHO, F. S. Reformas e Inovações na Gestão Pública no Brasil Contemporâneo. In: CARNEIRO, J. M. B.; DANTAS, H. (Orgs.). Parceria Social Público-Privado - textos de referência. 1 ed. São Paulo: Oficina Municipal, 2012, v., p. 1-376.

DENHARDT, J. V.; DENHARDT, R. B. The new public service: serving, not steering.

Expanded edition. Nova York: M. E. Sharp, Inc., 2007.

LACOMBE, F. J. M. Recursos humanos: princípios e tendências. São Paulo: Saraiva, 2005. LEITÃO, S. P. A questão organizacional na universidade: as contribuições de Etzioni e Rice. Revista de Administração Pública, v.19, n.4, p.3-26, out/dez, 1985.

LOPES, L. A. C.; BERNARDES, F. R. Estruturas administrativas das universidades brasileiras. In: SEMINÁRIOS em Administração - SEMEAD, VIII, 11 e 12 de agosto, 2005, FEA/USP. Administração Geral. Disponível em:

<http://sistema.semead.com.br/8semead/resultado/trabalhosPDF/50.pdf>. Acesso em: 18 nov. 2015.

PASSADOR, C. S.; PASSADOR, J L. Gestão Pública e desenvolvimento no século XXI. 1. ed. São Paulo: Annablume/FAPESP, 2008. v. 1. 288 p.

RACY, D. Os 10 princípios para o empowerment: um guia prático para a delegação de poder e a energização de pessoas. Rio de Janeiro: Elsevier/Campus, 2004.

WAGENAAR, H. Knowing the rules: administrative work as practice. Public Administration Review, v.64, n.6, p. 643–656, 2004.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Paulo Ernesto Celestini, João Antonio Aparecido Salla, Luiz Carlos Dotta, Maria Paula Habitante Thomaz, Claudia Souza Passador (Autor)

Downloads

Não há dados estatísticos.