Núcleo de Movimento de Inclusão e Saúde da UNESP
Capa do Eixo 5 sobre Saúde e Qualidade de Vida
PDF

Palavras-chave

Promoção da saúde
Atividade física
Inclusão
Mobilização
Trabalho em rede

Categorias

Como Citar

CARDOSO, Marcio Alexandre; SELPIS, Adriano Nicolau; CARDOSO, Marilia Mastrocolla de Almeida; SILVA, Camila Buonani da; SILVA, Marcio Pereira da; SILVA, Gisele Marcelino da; UENO, Deisy Terumi; KOKUBUN, Eduardo. Núcleo de Movimento de Inclusão e Saúde da UNESP: uma experiência unespiana de movimento para todXs. Congresso dos Profissionais das Universidades Estaduais de São Paulo, Campinas, SP, n. 2, p. e023132, 2023. DOI: 10.20396/conpuesp.2.2023.5057. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/eventos/index.php/conpuesp/article/view/5057. Acesso em: 21 maio. 2024.

Resumo

Introdução: A prática regular de Atividades Físicas e Esportivas é reconhecida como um componente importante do desenvolvimento humano promovendo saúde mental e física. As universidades apresentam enorme potencial para fazer frente ao desafio da inatividade física. Objetivo: Relatar a experiência da implantação do Núcleo de Movimento, Inclusão e Saúde (NUMIS) Central e a formação da rede de NUMIS Locais como estratégia de promoção da saúde e qualidade de Vida em todos os Campi da UNESP. Metodologia: Em 2017 foi criada a proposta do NUMIS Central para promover ações de promoção de saúde e qualidade de vida na Universidade. O processo de implantação da proposta teve várias etapas que compreenderam desde a criação de Numis Local, até a formação de uma rede de mobilizadores (servidores técnico-administrativos, discentes e/ou docentes) que tinham interesse em atuar como facilitadores de atividades físicas nas Unidades. Resultados: Até 2023 já foram criados 34 NUMIS Locais, com 128 Mobilizadores (21 docentes, 18 discentes e 89 técnico-administrativos). Até 2023, foram realizadas 92 Corridas/caminhadas; diversas atividades físicas (yoga, dança, artes marciais etc); jogos esportivos entre os segmentos; Fóruns Movimento para Todos para promover debates sobre esporte na universidade. Levantamentos anuais mostraram o aumento de participantes das atividades físicas; e a diminuição do número de pessoas classificadas com obesidade. Conclusão: A experiência se mostrou uma estratégia efetiva, inclusiva e que atende uma demanda “de mundo real”, uma vez que está em construção pela e se insere na comunidade, de forma dinâmica, flexível e coletiva.

 

https://doi.org/10.20396/conpuesp.2.2023.5057
PDF

Referências

Global status report on physical activity 2022. Geneva: World Health Organization; 2022.

WHO guidelines on physical activity and sedentary behaviour. Geneva: World Health Organization; 2020.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Marcio Alexandre Cardoso, Adriano Nicolau Selpis, Marilia Mastrocolla de Almeida Cardoso, Camila Buonani da Silva, Marcio Pereira da Silva, Gisele Marcelino da Silva, Deisy Terumi Ueno, Eduardo Kokubun (Autor)

Downloads

Não há dados estatísticos.