Confronto entre desejos: amamentar x proteger o filho. Sentimentos de mulheres soropositivas sobre a impossibilidade de amamentar - uma revisão integrativa

Autores

  • Liliane Zapparoli Universidade Estadual de Campinas
  • Andreza Viviane Rubio Universidade Estadual de Campinas
  • Laise Potério Santos Universidade Estadual de Campinas
  • Raíssa Kelen Santos Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i6.8876

Palavras-chave:

Amamentação. Psicologia. HIV.

Resumo

O HIV é o vírus da imunodeficiência humana, causador da AIDS que se disseminou em grandes metrópoles e posteriormente se expandiu a municípios de pequeno porte, atingindo a população heterossexual, principalmente as mulheres, aumentando também o número de crianças infectadas, por meio da transmissão vertical, que pode ocorrer durante a gestação, o parto e a amamentação. A descoberta da patologia e a conseqüente impossibilidade de amamentar seu filho fazem com que as mulheres vivenciem diversos sentimentos e emoções. Sendo assim o objetivo deste trabalho é o de apresentar uma revisão integrativa da literatura brasileira, que visa analisar os sentimentos vivenciados por mulheres portadoras do vírus HIV sobre a impossibilidade de amamentar. O levantamento bibliográfico foi realizado em novembro de 2015 e resultou em um total de sete artigos potenciais sobre o tema. Após a análise de todos os resultados encontrados, conclui-se que as mulheres portadoras do vírus HIV vivenciam diversos sentimentos, sendo o sentimento de tristeza o mais predominante, advindo do sentimento de impotência e de incapacidade em satisfazer as necessidades dos filhos. Logo a experiência da impossibilidade de amamentar é considerada emocionalmente desgastante, interferindo na maneira como as mesmas vivenciam sua maternidade, pois na sociedade brasileira o aleitamento é fortemente incentivado e a amamentação é vista como símbolo da maternidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Liliane Zapparoli, Universidade Estadual de Campinas

Psicóloga no Hospital da Mulher Profº José Aristodemo Pinotti - CAISM/UNICAMP e Professora de atividades práticas da Faculdade de Jaguariúna. Especialização em Saúde Reprodutiva da Mulher e Psicologia Hospitalar pela Faculdade de Ciências Médicas/UNICAMP.

Andreza Viviane Rubio, Universidade Estadual de Campinas

Graduada pela Universidade Estadual Paulista- UNESP. Especialização em Psicologia Hospitalar pela Faculdade de Medicina de Marília - FAMEMA sendo bolsista Fundap. Especialização em Psico-oncologia pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais - FELUMA. Experiência na área clínica e na área da saúde coletiva e hospitalar. Atuação constante com equipes multiprofissionais e no desenvolvimento de projetos voltados a área de cuidados paliativos. 

Laise Potério Santos, Universidade Estadual de Campinas

Possui graduação em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1985) e mestrado em Tocoginecologia pela Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (2003). É psicóloga do Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM) da Universidade Estadual de Campinas, aonde atualmente é Supervisora da Seção de Psicologia.

Raíssa Kelen Santos, Universidade Estadual de Campinas

Psicóloga na execução de um serviço de média complexidade da assistência social denominado PAEFI (Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos). Especialização em andamento em Teoria e Prática em Psicoterapia Breve Psicanalítica e Pronto Atendimento Psicológico pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). 

Downloads

Publicado

2016-10-27

Como Citar

ZAPPAROLI, L.; RUBIO, A. V.; SANTOS, L. P.; SANTOS, R. K. Confronto entre desejos: amamentar x proteger o filho. Sentimentos de mulheres soropositivas sobre a impossibilidade de amamentar - uma revisão integrativa. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 6, p. 202–202, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i6.8876. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8876. Acesso em: 28 set. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Desenvolvimento Humano, Saúde, Sustentabilidade e Qualidade de Vida

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>