Programa de atenção à dependência química – PADQ

Autores

  • Petra Ferreira Universidade Estadual de Campinas
  • Erika Aparecida Bueno Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i6.8868

Palavras-chave:

Dependência química. Tratamento. Funcionários. Familiares. Unidade.

Resumo

O Programa de Atenção a Dependência Química foi institucionalizado na UNICAMP desde 2010 e envolve um fluxo de atendimento entre as áreas de Serviço Social/GGBS, CECOM, DSO/DGRH e ASPA/HC. Trata-se de um programa destinado a proporcionar condições de tratamento aos funcionários da Universidade, que apresentam problemas relacionados ao uso de substâncias psicoativas e/ou convive com algum membro da família, também dependente dessas substâncias, visto que a dependência química traz ônus considerável ao usuário e a sua família, levando a perda de emprego, rupturas familiares, instabilidade financeira e consequências físicas e psicológicas. Vale ressaltar que atualmente são vários os fatores que influenciam os funcionários na busca de tratamento para dependência química, dentre eles a implantação do Fluxo de atendimento entre as Unidades parceiras GGBS, CECOM e DGRH onde cada Unidade desempenha suas devidas atribuições. Outro fator que tem influenciado nos atendimentos, é o aumento da procura por internação involuntária que acontece tanto pelos familiares de funcionários dependentes químicos, como por funcionários que possuem familiares também dependentes químicos, que buscam esse tipo de tratamento. Considerando que de janeiro de 2015 até o momento, foram realizadas 15 internações em clínica parceira podemos observar que, o Programa tem sido atuante dentro da Universidade, tendo sempre como meta à possibilidade de ampliar o tratamento de dependência química junto aos funcionários e seus familiares, possibilitando uma melhoria na qualidade de vida e um bom o desempenho nas suas atividades laborais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Petra Ferreira, Universidade Estadual de Campinas

Possui graduação em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (2012). Cursando especialização em Clínica Psicanalítica da Atualidade: Contribuições de Freud a Lacan pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (2015). Atualmente é psicóloga na instituição G8 Pré- Vestibular. Tem experiência na área de Psicologia Clínica e Escolar com ênfase na Psicanálise.

Erika Aparecida Bueno, Universidade Estadual de Campinas

Colaboradora da Universidade Estadual de Campinas.

Downloads

Publicado

2016-10-27

Como Citar

FERREIRA, P.; BUENO, E. A. Programa de atenção à dependência química – PADQ. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 6, p. 193–193, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i6.8868. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8868. Acesso em: 3 out. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Desenvolvimento Humano, Saúde, Sustentabilidade e Qualidade de Vida

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>