Educação ambiental em forma de gincana

Autores

  • Joao Batista Alves de Fabrin Neto Universidade Estadual de Campinas
  • M. C. Bataglioli Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i2.8702

Palavras-chave:

Educação sócio-ambiental. Gincana. Crianças

Resumo

O trabalho voluntário tem revolucionado as escolas da cidade por ser um evento educativo utilizando apenas materiais recicláveis e reutilizáveis. Os monitores são alunos com formação técnica em meio ambiente, além de amigos. O público alvo são crianças das escolas da cidade, sempre separadas por idade e quantidade para assim poderem realizar as provas da GINCANA de maneira justa aos participantes. A princípio este trabalho começou no Zôo/Bosque da cidade com o título de “Férias no Bosque” que a cada mês de Julho trabalhamos com 100 crianças durante 15 dias de evento. A partir desta prática, pudemos visualizá-la em cada bairro ou escola. Para esta nova etapa, contamos com auxílio de diretores das escolas ou associações de bairros para a divulgação e arrecadação de prêmios e alimentos. São 5 escolas, por volta de 2000 alunos apenas este ano de 2008. Durante a Gincana Ambiental, as crianças têm a missão de salvar os “ovos de tartaruga”, “trocar lixo por árvores”, “praticar a coleta seletiva”, “despoluir a água”, “assistir teatro ambiental”, “curtas metragens com perguntas e respostas”, enfim, a cada atividade, existe a competição entre os grupos, porém todos saem ganhando pontos. Por fim, um delicioso cachorro-quente, suco, medalhas e brindes. Como resultado os eventos foram filmados, para divulgação, como idéia aos grupos educadores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Joao Batista Alves de Fabrin Neto, Universidade Estadual de Campinas

IB/UNICAMP

M. C. Bataglioli, Universidade Estadual de Campinas

IB/UNICAMP

Downloads

Publicado

2016-09-12

Como Citar

FABRIN NETO, J. B. A. de; BATAGLIOLI, M. C. Educação ambiental em forma de gincana. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 2, p. 261–261, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i2.8702. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8702. Acesso em: 7 out. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Desenvolvimento Humano, Saúde e Qualidade de Vida