A importância estratégica da gestão da informação na doação de sangue e medula óssea

Autores

  • Carlos Caetano Almeida Universidade Estadual de Campinas
  • Willian Jurovschi de Moraes Universidade Estadual de Campinas
  • Misael Victor Nicoluci Universidade Estadual de Campinas
  • Fernando Ortolano Universidade Estadual de Campinas
  • Fabiana Aparecida da Silva Universidade Estadual de Campinas
  • Michael dos Santos Universidade Estadual de Campinas
  • Ricardo de Souza Santos Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i6.8427

Palavras-chave:

Doação de sangue. Doação de medula óssea. Gestão pública. Campanhas de doação

Resumo

No mundo todo pessoas necessitam de transfusão de sangue por diversos motivos, a Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que nos países desenvolvidos uma a cada dez pessoas que entra em um hospital necessita de uma transfusão de sangue e em países subdesenvolvidos essa proporção é muito maior. No Brasil apenas 1,8% da população é doador de sangue, número distante do percentual considerado ideal pela OMS que é de 3% a 5%, esse número é preocupante. Este trabalho propõe a melhoria continua da gestão de serviços públicos relacionados à doação de sangue e medula óssea. Através de pesquisa da análise de gestão do estoque dos produtos que se originam do processamento do sangue e também através da análise das estratégias para a fidelização de novos doadores e da manutenção de doadores já fidelizados, tendo como objetivo a criação e implementação de um sistema que opera facilitando o dimensionamento dos estoques de hemocomponentes de forma a equalizar a demanda, a oferta, a previsão de demanda e também otimizar a comunicação entre pacientes, REDOMES e Hemocentros.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Caetano Almeida, Universidade Estadual de Campinas

Doutorando do Departamento de Mecânica Computacional na Faculdade de Engenharia Mecânica da Unicamp - UNICAMP/FEM, Pesquisador do Advanced Computing, Control & Embedded Systems Laboratory - ACCES-Lab/UNICAMP, possui Mestrado em Engenharia Mecânica com ênfase em Mecatrônica e Visão Computacional pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP/FEM, graduação em Engenharia de Controle e Automação (Mecatrônica) pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP/FEM, é Especialista em Projetos Mecânicos Assistidos por Computador - UNICAMP/CTC, Especialista em Automação Industrial - UNICAMP/CTC, Especialista em Gestão de Qualidade e Produtividade - UNICAMP/CTC.

Willian Jurovschi de Moraes, Universidade Estadual de Campinas

Colaborador na Universidade Estadual de Campinas.

Misael Victor Nicoluci, Universidade Estadual de Campinas

Graduação em Pedagogia em 2016 e Ciências Administrativas, Contábeis, Econômicas pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas, 1978, 1982, 1984, respectivamente. Pós Graduação em Marketing pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, 1999, Gestão Industrial em 2012 e Mestrado Profissional em administração-Marketing Estratégico pela UNIMEP- Universidade Metodista de Piracicaba 2005. Curso de Licenciatura Plena em Administração concluído em 2015. 

Fernando Ortolano, Universidade Estadual de Campinas

Graduação em andamento em Engenharia Elétrica. 

Fabiana Aparecida da Silva, Universidade Estadual de Campinas

Colaborador na Universidade Estadual de Campinas.

Michael dos Santos, Universidade Estadual de Campinas

Colaborador na Universidade Estadual de Campinas.

Ricardo de Souza Santos, Universidade Estadual de Campinas

Colaborador na Universidade Estadual de Campinas.

Downloads

Publicado

2016-10-27

Como Citar

ALMEIDA, C. C.; MORAES, W. J. de; NICOLUCI, M. V.; ORTOLANO, F.; SILVA, F. A. da; SANTOS, M. dos; SANTOS, R. de S. A importância estratégica da gestão da informação na doação de sangue e medula óssea. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 6, p. 224–224, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i6.8427. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8427. Acesso em: 3 out. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Desenvolvimento Humano, Saúde, Sustentabilidade e Qualidade de Vida

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)