Avaliação de meios de cultura para contagem de bifidobacterium animalis subsp. Lactis bb 12 em iogurte após a estocagem refrigerada

Autores

  • L. Fachin Universidade Estadual de Campinas
  • J. Moryia Universidade Estadual de Campinas
  • Ana Lourdes Neves Gandara Universidade Estadual de Campinas
  • Walkiria Hanada Viotto Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i2.8308

Palavras-chave:

Bifidobacterium. Iogurte. Estocagem refrigerada.

Resumo

O meio RCPB pH5 tem sido considerado uma boa opção para a contagem de Bifidobacterium em iogurte. Entretanto, durante a estocagem refrigerada do iogurte é extremante difícil a contagem deste microrganismo devido ao pequeno diâmetro desenvolvido pelas colônias de Bifidobacterium neste meio, sendo que a sua contagem somente se torna possível com o auxílio de um estereoscópio. Outro meio, MRS-LP, também tem sido recomendado para a contagem de Bifidobaterium em iogurte. Este estudo avaliou a suplementação do meio RCPB pH5 com extrato de fígado desidratado e com os sais KH2PO4, K2HPO4, FeSO47H2O, MnSO4H2O e MgSO47H2O, visando melhorar a diferenciação de Bifidobacterium em iogurte durante a estocagem refrigerada e também avaliou a contagem seletiva de Bifidobacterium em iogurte usando o meio MRS-LP. O meio MRS-LP apresentou a mesma recuperação de células que o meio RCPB pH5, usado como padrão, após 30 dias de estocagem refrigerada do iogurte, sendo considerado uma boa opção para a contagem de Bifidobacterium em iogurtes durante a estocagem refrigerada. O meio RCPB pH5 fortificado também apresentou a mesma recuperação de células de Bifidobacterium que o meio padrão RCPB pH5; entretanto, a adição de extrato de fígado desidratado aumentou consideravelmente o diâmetro das colônias de Bifidobacterium, tornando a diferenciação destas bastante fácil e confiável quando comparadas à sua diferenciação no meio RCPB pH5 sem a fortificação. A adição dos sais (KH2PO4, K2HPO4, FeSO47H2O, MnSO4H2O e MgSO47H2O) não exerceu influência no desempenho do meio RCPB pH5.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

L. Fachin, Universidade Estadual de Campinas

FEA/ UNICAMP

J. Moryia, Universidade Estadual de Campinas

FEA/ UNICAMP

Ana Lourdes Neves Gandara, Universidade Estadual de Campinas

FEA/ UNICAMP

Walkiria Hanada Viotto, Universidade Estadual de Campinas

FEA/ UNICAMP

Downloads

Publicado

2016-09-12

Como Citar

FACHIN, L.; MORYIA, J.; GANDARA, A. L. N.; VIOTTO, W. H. Avaliação de meios de cultura para contagem de bifidobacterium animalis subsp. Lactis bb 12 em iogurte após a estocagem refrigerada. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 2, p. 137–137, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i2.8308. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8308. Acesso em: 26 set. 2022.

Edição

Seção

Eixo 2 - Desenvolvimento de Ensino, Pesquisa e Extensão

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)