Banner Portal
Avaliação de meios de cultura para contagem de bifidobacterium animalis subsp. Lactis bb 12 em iogurte após a estocagem refrigerada
PDF

Palavras-chave

Bifidobacterium. Iogurte. Estocagem refrigerada.

Como Citar

FACHIN, L.; MORYIA, J.; GANDARA, A. L. N.; VIOTTO, W. H. Avaliação de meios de cultura para contagem de bifidobacterium animalis subsp. Lactis bb 12 em iogurte após a estocagem refrigerada. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 2, p. 137–137, 2016. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8308. Acesso em: 25 fev. 2024.

Resumo

O meio RCPB pH5 tem sido considerado uma boa opção para a contagem de Bifidobacterium em iogurte. Entretanto, durante a estocagem refrigerada do iogurte é extremante difícil a contagem deste microrganismo devido ao pequeno diâmetro desenvolvido pelas colônias de Bifidobacterium neste meio, sendo que a sua contagem somente se torna possível com o auxílio de um estereoscópio. Outro meio, MRS-LP, também tem sido recomendado para a contagem de Bifidobaterium em iogurte. Este estudo avaliou a suplementação do meio RCPB pH5 com extrato de fígado desidratado e com os sais KH2PO4, K2HPO4, FeSO47H2O, MnSO4H2O e MgSO47H2O, visando melhorar a diferenciação de Bifidobacterium em iogurte durante a estocagem refrigerada e também avaliou a contagem seletiva de Bifidobacterium em iogurte usando o meio MRS-LP. O meio MRS-LP apresentou a mesma recuperação de células que o meio RCPB pH5, usado como padrão, após 30 dias de estocagem refrigerada do iogurte, sendo considerado uma boa opção para a contagem de Bifidobacterium em iogurtes durante a estocagem refrigerada. O meio RCPB pH5 fortificado também apresentou a mesma recuperação de células de Bifidobacterium que o meio padrão RCPB pH5; entretanto, a adição de extrato de fígado desidratado aumentou consideravelmente o diâmetro das colônias de Bifidobacterium, tornando a diferenciação destas bastante fácil e confiável quando comparadas à sua diferenciação no meio RCPB pH5 sem a fortificação. A adição dos sais (KH2PO4, K2HPO4, FeSO47H2O, MnSO4H2O e MgSO47H2O) não exerceu influência no desempenho do meio RCPB pH5.
PDF
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2016 L. Fachin, J. Moryia, Ana Lourdes Neves Gandara, Walkiria Hanada Viotto

Downloads

Não há dados estatísticos.