Novos processos de atendimento a estudantes estrangeiros intercambistas

Autores

  • Daniel Cantinelli Sevillano Universidade Estadual de Campinas
  • Sandra Elizabeth Lovatto Silva Universidade Estadual de Campinas
  • Mariana Castrillon Morais Pereira Universidade Estadual de Campinas
  • Luciana de Assis Pacheco Universidade Estadual de Campinas
  • Leonardo Davine Dantas Universidade Estadual de Campinas
  • Lucineia Moraes Feijó Universidade Estadual de Campinas
  • Lucas Vital Matos Dias Gabriel Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i6.8181

Resumo

O processo de internacionalização da universidade passa, obrigatoriamente, pela vinda de estudantes estrangeiros intercambistas. O aumento do número desses estudantes na Unicamp levou a equipe da Vice-Reitoria Executiva de Relações Internacionais (VRERI) que trabalha diretamente com mobilidade estudantil a rever seu processo de atendimento, adequando-o à nova realidade vivenciada pela universidade. Ao analisar o tipo de informação recebida pelos estudantes estrangeiros, o atendimento foi dividido em 4 etapas: cadastro na polícia federal, cadastro acadêmico, alojamento e informações gerais. Foi verificado que, embora as duas primeiras etapas demandem um atendimento mais personalizado, as etapas 3 e 4 poderiam ser realizadas em grupo, pois são informações que dizem respeito a todos os estudantes. Assim, ao receber a visita de um grupo de alunos, eles são atendidos em conjunto quanto à questão do alojamento e das informações gerais, e conforme recebem as informações são encaminhados a outros funcionários que os ajudarão com questões individuais, como os cadastros que devem ser feitos. Se anteriormente um funcionário era responsável pelo atendimento completo a cada estudante, criou-se uma maneira otimizada de atendimento, pela qual o aluno recebe as informações necessárias sem ter que esperar que um funcionário esteja disponível para realizar o procedimento completo de atendimento. Além da readequação do processo de atendimento presencial, a equipe mapeou as ações que poderiam ser desenvolvidas antes da chegada dos estudantes, e passou a realizar o pré-cadastro acadêmico dos intercambistas no site da DAC, inserindo seus dados pessoais e as disciplinas que irão cursar durante seu intercâmbio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniel Cantinelli Sevillano, Universidade Estadual de Campinas

Reitoria da Universidade Estadual de Campinas.

Sandra Elizabeth Lovatto Silva, Universidade Estadual de Campinas

Vice-Reitoria Executiva de Relações Internacionais da Universidade Estadual de Campinas.

Mariana Castrillon Morais Pereira, Universidade Estadual de Campinas

Vice-Reitoria Executiva de Relações Internacionais.

Luciana de Assis Pacheco, Universidade Estadual de Campinas

Vice-Reitoria Executiva de Relações Internacionais.

Leonardo Davine Dantas, Universidade Estadual de Campinas

Vice-Reitoria Executiva de Relações Internacionais.

Lucineia Moraes Feijó, Universidade Estadual de Campinas

Vice-Reitoria Executiva de Relações Internacionais.

Lucas Vital Matos Dias Gabriel, Universidade Estadual de Campinas

Vice-Reitoria Executiva de Relações Internacionais.

Downloads

Publicado

2016-10-27

Como Citar

SEVILLANO, D. C.; SILVA, S. E. L.; PEREIRA, M. C. M.; PACHECO, L. de A.; DANTAS, L. D.; FEIJÓ, L. M.; GABRIEL, L. V. M. D. Novos processos de atendimento a estudantes estrangeiros intercambistas. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 6, p. 51–51, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i6.8181. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8181. Acesso em: 26 set. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)