Banner Portal
Estudos de consumidor: análise de sucos de laranja por mapa interno de preferência
PDF

Palavras-chave

Mapa de preferência. Aceitação. Suco de laranja

Como Citar

LEITE, Eliete de Carvalho. Estudos de consumidor: análise de sucos de laranja por mapa interno de preferência. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 1, n. 3, p. 89–90, 2016. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7733. Acesso em: 22 jul. 2024.

Resumo

O presente trabalho teve como objetivo avaliar a aceitação dos consumidores de 12 amostras comerciais de suco de laranja embaladas em Tetrapak®, com a finalidade de buscar novas informações que possam ser utilizadas por indústrias. Para realização do teste de aceitação utilizou-se escala hedônica de 9 pontos e de intenção de compra. Foram servidos, a 118 consumidores do produto, Para a análise estatística foram aplicadas análises estatísticas univariada, e multivariada: (ANOVA seguida por Teste de médias de Tukey e Mapa Interno de Preferência), com a utilização dos programas SAS e XLStat. As amostras A4, A7 e A10 apresentaram aceitação superior e a amostra A12 apresentou aceitação significativamente inferior (p<0,05) em relação à aparência e aroma. Em relação à textura, as amostras A1, A2, A7, A8, A10 e A11 apresentaram aceitação superior, enquanto as amostras A6, A9 e A12 foram menos aceitas. Em relação ao sabor e a impressão global, a amostra A11 apresentou aceitação superior (sem diferir a 5% das amostras A1 e A2) e aproximadamente 50% dos provadores avaliados certamente comprariam essa amostra. Já as amostras A6, A9 e A12 foram rejeitas pelos consumidores em ambos atributos. As amostras de suco e néctar de laranja não diferiram significativamente entre si (p<0,05). Em todos os atributos avaliados, a amostra A12 (versão light) diferiu significativamente (p<0,05) de sua versão tradicional (A11), sendo rejeitada pelos consumidores. A característica que mais contribuiu para a aceitabilidade das amostras analisadas foi sabor. O Mapa Interno de Preferência permitiu a representação gráfica dos resultados acima citados.
PDF
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2016 Eliete de Carvalho Leite

Downloads

Não há dados estatísticos.