Implantação do check list de cirurgia segura: uma estratégia para a segurança do paciente

Autores

  • Maristela Priscila Nardo Ramos Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v4i4.7280

Palavras-chave:

Segurança. Paciente. Cirurgia. Auditoria. Enfermagem

Resumo

A implantação do check list de cirurgia segura no Hospital Estadual Sumaré em 2010 (HES) teve por finalidade melhorar a qualidade da assistência prestada e minimizar os eventos adversos. No entanto, é necessário que as equipes o preencha de maneira adequada. O objetivo foi identificar o preenchimento correto do check list de cirurgia segura, antes e após intervenção direta da gerência de enfermagem. Estudo exploratório e descritivo realizado no centro cirúrgico central (CCC) do HES. A coleta de dados ocorreu em dois momentos: em fevereiro de 2011 e em setembro do mesmo ano, ou seja, sete meses após intervenção da chefia de enfermagem. Para tanto, realizamos auditoria dos prontuários, mediante roteiro estruturado e elaborado pela gerência de enfermagem.  A amostra foi composta por 402 prontuários de pacientes submetidos a procedimento cirúrgico em fevereiro, e por 348 prontuários de pacientes submetidos à cirurgia em setembro. A intervenção envolveu orientações verbais e impressas para a equipe de enfermagem do CCC. Todos os prontuários auditados nos dois períodos continham o impresso do check list de cirurgia segura, porém, antes da intervenção, 18% destes encontravam-se incompletos, contra 26% pós-intervenção. A intervenção não surtiu o efeito desejado, visto que um maior número de check lists incompletos foi detectado. A falta de treinamento dos novos colaboradores admitidos no CCC durante o período do estudo pode ter contribuído com a não conformidade, evidenciando a necessidade de programas de educação continuada, em favor da segurança do paciente. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maristela Priscila Nardo Ramos, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP

Downloads

Publicado

2016-07-15

Como Citar

RAMOS, M. P. N. Implantação do check list de cirurgia segura: uma estratégia para a segurança do paciente. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 4, n. 4, p. 42–42, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v4i4.7280. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7280. Acesso em: 7 dez. 2022.