Banner Portal
Formação corporativa em boas práticas de laboratório no período da pandemia de Covid-19
PDF

Palavras-chave

Formação
Desenvolvimento
Pandemia
Ensino Remoto
Laboratório

Como Citar

SOUZA, Ana Paula Ferreira de. Formação corporativa em boas práticas de laboratório no período da pandemia de Covid-19. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 8.Eixo 3, p. e0220065, 2023. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/17829. Acesso em: 22 jul. 2024.

Resumo

Introdução: Em meados de março de 2020, a OMS elevou o status da contaminação pelo novo coronavírus (Sars-Cov 2) para “Pandemia de Covid-19”. Assim, o ensino online passou a fazer parte do cotidiano da Universidade. As Boas Práticas de Laboratório consistem num conjunto de regras e procedimentos de segurança que visam eliminar ou minimizar os incidentes/acidentes, além de riscos à saúde relacionados ao trabalho em laboratórios. O oferecimento do curso básico de BPL pôde envolver os funcionários e capacitá-los para auxiliar os alunos proporcionando a vivência prática e teórica. Objetivo: Este trabalho consiste na apresentação da experiência de um instrutor no ensino remoto do curso BPL por meio da escola corporativa da Unicamp (EDUCORP). Metodologia: Este é um estudo descritivo, tipo relato de experiência. Para o curso remoto utilizou-se a modalidade assíncrona com vídeos aulas disponibilizadas no ambiente virtual de aprendizagem Google Classroom. As videoaulas abordam Introdução e Segurança do Trabalho, Riscos e Prevenção, Trabalho em laboratórios e Emergências. Para a coleta de dados foi utilizado o formulário de avaliação de reação/satisfação da EDUCORP de janeiro a dezembro de 2021. Resultados: Foram realizadas 8 turmas e entre as 114 avaliações preenchidas voluntariamente, 91% dos alunos "concordam totalmente” que o acesso à plataforma e aos vídeos foi fácil. Porém, ao tratar do quesito: esclarecer todas as dúvidas, esse índice de satisfação cai para 82%. Com relação a auto-avaliação, 13% "concordam parcialmente” que assimilaram o conteúdo do curso. Enquanto que 85% “ concordam totalmente” que sentem-se capazes de compartilhar com outras pessoas os conhecimentos adquiridos. Já no quesito conteúdo, 73% “concordam totalmente” com a carga horária oferecida e 77% “concordam totalmente” que o conteúdo foi suficiente. Porém, ao responder sobre a profundidade do curso apenas 67% “concordam totalmente” e 31% “concordam parcialmente”. Compilando os dados, incluindo a avaliação dos instrutores, o curso BPL no ano de 2021 obteve uma média de 73% “concordo totalmente”; 86% “concordam totalmente” com o formato EAD (ensino remoto assíncrono); 89% "concordam totalmente" com o trabalho dos instrutores; e 80% “concordam totalmente” com sua participação e desempenho no curso (Figura 01). O índice de aprovação foi de 94% e 99% dos alunos recomendariam o curso para colegas de trabalho. Conclusão: O uso dessa modalidade de ensino tem seus pontos positivos como facilidade de acesso às aulas/materiais didáticos, evitar gastos com deslocamentos até a sede da EDUCORP. A dinâmica exigida para aulas assíncronas torna-se um complicador para o aprofundamento do conteúdo, como observado pelos alunos em suas avaliações. No geral, o conjunto do curso foram muito bem avaliados, demonstrando a receptividade e a necessidade por oferta de mais cursos de capacitação e atualização aos servidores.

PDF
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2022 Ana Paula Ferreira de Souza

Downloads

Não há dados estatísticos.