Banner Portal
Assentamentos rurais como celeiros da cana
PDF

Palavras-chave

Assentamentos rurais
Reforma agrária
Expansão da cana
Impactos socioeconômicos e ambientais

Como Citar

FERRANTE, Vera Lúcia Silveira Botta; ALMEIDA, Luiz Manoel de Moraes Camargo. Assentamentos rurais como celeiros da cana: por onde caminha a reforma agrária?. RURIS (Campinas, Online), Campinas, SP, v. 3, n. 1, 2012. DOI: 10.53000/rr.v3i1.686. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/ruris/article/view/16795. Acesso em: 18 jun. 2024.

Resumo

A controversa presença da cana nos assentamentos rurais nos últimos anos exige uma cuidadosa refl exão sobre sua interferência no modo de vida dos assentados e na relação dos assentamentos com a dinâmica do desenvolvimento regional. A presença da cana nos assentamentos tem suscitado ao longo desse período confl itos internos, discussões, nada consensuais sobre o passado/presente/futuro dessas experiências. A análise da parceria com as agroindústrias é atravessada, do nosso ponto de vista, pela noção de trama de tensões, exigindo que sejam submetidas ao crivo analítico as desigualdades constitutivas dessa polêmica integração dos assentados às usinas de açúcar e álcool, assim como as consequências socioeconô- micas e ambientais da problemática transformação dos assentamentos rurais em celeiros da cana.

https://doi.org/10.53000/rr.v3i1.686
PDF

Referências

BARONE, L. A. Assistência técnica aos assentamentos de reforma agrária: da política reativa ao vazio de projeto – O caso do estado de São Paulo. Retratos de Assentamentos, Araraquara, FCL/Unesp, n. 08, 2000.

BARONE, L. A. Conflito e cooperação: o jogo das racionalidades sociais e o campo político num assentamento de reforma agrária. 2002. Tese (Doutorado) – FCL/Unesp, Araraquara.

BARONE, L. A.; FERRANTE, V. L. S. B.; KURANAGA, A. A. O futuro dos assentamentos rurais em questão: o retrato dos dilemas em espaços regionais distintos. II Jornada de Estudos em Assentamentos Rurais. Campinas, Feagri–Unicamp/CRBC– École des Hautes Ètudes en Sciences Sociales, 2005.

BAÚ, C. H. R. Pequenos produtores fornecedores de cana-deaçúcar na região de Araraquara (SP): uma estratégia de produção e sobrevivência no Assentamento Bela Vista do Chibarro. 2002. Dissertação (Mestrado) – FCL/Unesp, Araraquara.

BERGAMASCO, S. M. P. P. et al. (Org.). Dinâmicas familiar, produtiva e cultural nos assentamentos rurais de São Paulo. Araraquara: Uniara; Campinas: Feagri/Unicamp; São Paulo: Incra, 2003.

BOURDIEU, P. O poder simbólico. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1989.

FERRANTE, V. L. S. B. A chama verde dos canaviais. 1992. Tese (Livre-Docência) – FCL/Unesp, Araraquara.

FERRANTE, V. L. S. B.; ALY JUNIOR, O. (Org.). Assentamentos rurais: impasses e dilemas (uma trajetória de 20 anos). São Paulo: Incra/Uniara, 2005.

FERRANTE, V. L. S. B.; BERGAMASCO, S. M. P. P. (Org.). Censo de assentamentos rurais do estado de São Paulo. Pesquisa Multicamp/Unesp – Análise e Avaliação dos Projetos de Reforma Agrária e Assentamentos do Estado de São Paulo, dez. 1995.

FERRANTE, V. L. S. B.; SANTOS, M. P. dos. A cana nos assentamentos: novas roupagens, velhas questões. Anais do XLII Congresso da Sociedade Brasileira Economia, Administração e Sociologia Rural. Juiz de Fora, jul. 2003, CD-ROM.

FERRANTE, V. L. S. B.; SILVA, M. A. M. A política de assentamentos e o jogo das forças sociais no campo. Perspectivas, Edunesp, n. 11, 1988.

FERRANTE, V. L. S. B.; WHITAKER, D. C. A.; BARONE, L. A. Poder local e assentamentos rurais; expressões de conflito, de acomodação e de resistência. Projeto de Pesquisa (CNPq). Araraquara: Nupedor; Presidente Prudente: Gepep, 2003.

HOUTZAGER, P. P. Os últimos cidadãos: conflito e modernização no Brasil rural (1964-1995). São Paulo: Globo, 2004.

IEA - Instituto de Economia Agrícola do Estado de São Paulo: http://www.iea.sp.gov.br; SEADE - Fundação Sistema de Análise de Dados: http://www.seade.gov.br. Acesso out 2005.

ITESP. Portaria n. 75-24/10/02. Diário Oficial do Estado. Fundação Instituto de Terras do Estado de São Paulo “José Gomes da Silva”, 2002.

MEDEIROS, L. S. de; LEITE, S. (Org.). Assentamentos rurais: mudança social e dinâmica regional. Rio de Janeiro: Mauad, 2004.

NEVES, D. P. Assentamentos rurais: reforma agrária em migalhas. Niterói: Eduff, 1997.

PINASSI, M. O.; QUEDA, O. Consórcio canavieiro: proposta inovadora ou reedição de práticas tradicionais?. Revista de Reforma Agrária, Campinas, Abra, v. 23, n. 2, maio/ago. 1993.

PNAD - Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios: http://www.pnad.gov.br. Acesso dez 2004.

PUTNAN, R. D. Comunidade e democracia: a experiência da Itália moderna. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2000. SEAD. Fundação Sistema de Análise de Dados. Disponível em http://www.seade.gov.br.

SEN, A. Desenvolvimento como liberdade. São Paulo: Cia. das Letras, 2000.

SILVA, M. A. de M. Errantes do fim do século. São Paulo: Fundação Editora da Unesp, 1999.

STETTER, E. A. A cana nos assentamentos rurais: presença indigesta ou personagem convidada?. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Sociologia, Unesp/FCLAR, 2000.

WHITAKER, D. C. A. A questão da diversidade em assentamentos de reforma agrária: Araraquara/SP. In: BERGAMASCO, S. M. P. P. et al. Dinâmicas familiar, produtiva e cultural nos assentamentos rurais de São Paulo. Araraquara: Uniara; Campinas: Feagri/ Unicamp; São Paulo: Incra, 2003.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Copyright (c) 2012 RURIS (Campinas, Online)

Downloads

Não há dados estatísticos.