A consulta de enfermagem na atenção secundária à saúde
Capa créditos: Gildenir C. Santos (Canva)
PDF

Palavras-chave

Enfermagem
Consulta de enfermagem
Doença das coronárias

Como Citar

1.
Sousa TR de, Matias MC, Silva ATA da, Pagamicce LT, Neves ML dos S, Cornelio ME, Rodrigues RCM, São-João TM. A consulta de enfermagem na atenção secundária à saúde: cuidado às pessoas com doença arterial coronária. CCFEU [Internet]. 30º de novembro de 2022 [citado 21º de fevereiro de 2024];(2):e20224756. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/eventos/index.php/ccfenf/article/view/4756

Resumo

Introdução: A Consulta de Enfermagem (CE) é considerada uma estratégia do cuidado e, dentre seus propósitos, destaca-se detectar condições ineficazes de saúde e possibilitar estratégias de promoção à saúde. A CE consiste em ação privativa do enfermeiro e configura-se como uma Prática Avançada de Enfermagem, servindo como uma ferramenta eficaz na promoção do cuidado de Enfermagem e do autocuidado. Diante das doenças crônicas, como a Doença Arterial Crônica (DAC), a CE é especialmente útil para sensibilizar o indivíduo a manejar a própria saúde e controlar fatores de risco modificáveis. Objetivo: Este estudo teve como objetivo compreender a CE em um ambulatório de enfermagem em cardiologia de um hospital público de alta complexidade no interior do Estado de São Paulo; com vistas à obtenção de um modelo padronizado de atendimento à pessoa com Doença Arterial Coronária (DAC) na Atenção Secundária. Método: Trata-se de estudo observacional, do tipo relato de experiência. Foram acompanhadas CE de indivíduos com DAC, em que a pesquisadora observou a assistência prestada, apropriando-se de aspectos como perguntas norteadoras realizadas pelas enfermeiras, ordem cronológica dos eventos ocorridos dentro da consulta e tempo despendido, por meio de notas. O estudo foi aprovado pelo CEP-Unicamp (CAAE:51658221.0.0000.5404). Resultados: Como resultado, gerou-se uma descrição pormenorizada em forma de roteiro para realização da CE à pessoa com DAC, delimitado em nove etapas e baseado no Processo de Enfermagem de Wanda Horta. A CE descrita neste estudo aborda aspectos fundamentais do tratamento em saúde, para além das terapias convencionais, trazendo questões comportamentais relacionadas a fatores de risco modificáveis para DAC. Conclusão: A CE para pessoas com DAC é extensa e complexa; e engloba aspectos físicos, mentais e comportamentais, de forma a gerar subsídios para o planejamento do cuidado individualizado na perspectiva da reabilitação cardíaca e prevenção secundária.

https://doi.org/10.20396/ccfenf220224756
PDF
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2022 Thainara Rocha de Sousa, Maria Clara Matias, Aline Thaís Augusto da Silva, Leila Tassia Pagamicce, Mayza Luzia dos Santos Neves, Marilia Estevam Cornelio, Roberta Cunha Matheus Rodrigues, Thaís Moreira São-João

Downloads

Não há dados estatísticos.