[1]
Rosa, A. da S. 2016. O brincar como lugar de desenvolvimento da língua de sinais. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec. 4, 4 (jul. 2016), 119–119. DOI:https://doi.org/10.20396/sinteses.v4i4.7564.