Núcleo rural Capivari: origem e características atuais das unidades produtivas

Autores

  • Joao Luiz Cardoso Universidade Estadual de Campinas
  • Luís Ribeiro Vilela Filho Universidade Estadual de Campinas
  • Marianna Stella Zibordi Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i1.8966

Palavras-chave:

Reforma agrária. Unidades produtivas. Capital agrário

Resumo

Este trabalho foi elaborado como parte do projeto "Sistemas de gestão de unidades de produção agroalimentar" (Com o apoio do CNPq), desenvolvido junto a um grupo de unidades de pequenos produtores rurais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Joao Luiz Cardoso, Universidade Estadual de Campinas

Graduação em Agronomia (1968) e Mestrado em Ciências Sociais Rurais (1976) pela Universidade de São Paulo. Doutorado em Economia Rural pela "Université de Montpellier I", França (1980). "Curso Internacional sobre Administración Agropecuária", Israel (1989).

Luís Ribeiro Vilela Filho, Universidade Estadual de Campinas

Possuo graduação em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (2003) e mestrado em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (2006). Minha formação no mestrado foi orientada na área de Geociências, com ênfase em Meio Ambiente Urbano e Fragilidade Potencial do Relevo. Já atuei na área de Economia, com ênfase em Economia Agrária e dos Recursos Naturais. 

Marianna Stella Zibordi, Universidade Estadual de Campinas

Possui graduação em Engenharia Agronômica "Manoel Carlos Gonçalves" pela Fundação Pinhalense de Ensino (1993), mestrado em Engenharia Agrícola pela Universidade Estadual de Campinas (1998) e doutorado em Engenharia Agrícola pela Universidade Estadual de Campinas (2004), com intercâmbio na Universidade de Wagening, Holanda (2002-2003).

Downloads

Publicado

2016-10-31

Como Citar

CARDOSO, J. L.; VILELA FILHO, L. R.; ZIBORDI, M. S. Núcleo rural Capivari: origem e características atuais das unidades produtivas. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 1, p. 93–93, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i1.8966. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8966. Acesso em: 26 set. 2022.

Edição

Seção

Humanas