Papel do técnico de enfermagem frente às reações transfusionais

Autores

  • Andrea Luisa de Almeida Sambo Universidade Estadual de Campinas
  • Simone Cristina Olenscki Gilli Universidade Estadual de Campinas
  • Angela Cristina Malheiros Luzo Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i1.8940

Palavras-chave:

Papel do técnico de enfermagem. Reações transfusionais

Resumo

As reações transfusionais de hemocomponentes constituem um suporte terapêutico de várias patologias. Entretanto, podem ocorrer reações secundárias à elas do tipo imediata (como hemólise intravascular, reações urticariformes e febril não hemolítica) e tardias (como GVHD trasnfusional).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andrea Luisa de Almeida Sambo, Universidade Estadual de Campinas

Centro de Hematologia e Hemoterapia da UNICAMP

Simone Cristina Olenscki Gilli, Universidade Estadual de Campinas

Centro de Hematologia e Hemoterapia da UNICAMP

Angela Cristina Malheiros Luzo, Universidade Estadual de Campinas

Centro de Hematologia e Hemoterapia da UNICAMP

Downloads

Publicado

2016-10-31

Como Citar

SAMBO, A. L. de A.; GILLI, S. C. O.; LUZO, A. C. M. Papel do técnico de enfermagem frente às reações transfusionais. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 1, p. 64–64, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i1.8940. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8940. Acesso em: 6 out. 2022.

Edição

Seção

Biomédicas